domingo, 9 de setembro de 2018

Armando defende parcelamento de débitos de proprietários de motos e critica situação de estradas no Sertão


         O candidato ao governo do Estado pela coligação Pernambuco Vai Mudar, Armando Monteiro (PTB), criticou a política de “arrocho e perseguição contra o pequeno”, promovida pelo governador Paulo Câmara, propondo, durante a inauguração do comitê da deputada estadual Socorro Pimentel (PTB), em Araripina. Armando prometeu renegociação dos IPVAs atrasados.

“Nós perdoaremos os juros e as multas decorrentes do atraso no pagamento do imposto. E as dívidas serão reparceladas, fazendo com que as pessoas tenham de volta seus veículos”, reforçou Armando, ainda salientando que ciclomotores de até 50 cilindradas serão isentos de IPVA.

Já no Sertão do Pajeú, Armando Monteiro (PTB) falou de “consequências da situação de abandono das principais estradas de Pernambuco”. Segundo ele em nota, uma queixa que tem ouvido com frequência da população, por todos os lugares por onde passa.

“O mais grave é que as estradas esburacadas tornaram a população um alvo fácil dos bandidos. As pessoas andam apavoradas, com medo de acidentes, de cair nos buracos, mas também dos assaltos”, afirmou Armando, ao conversar com motoristas na PE-275, que cruza os sertões do Pajeú e do Moxotó, entre Sertânia e a fronteira com a Paraíba.

Armando prometeu em São José do Egito um plano emergencial para os primeiros 100 dias de governo, com o objetivo de recuperar as via mais importantes do Estado. “Não vamos mais permitir que o Estado abandone suas estradas como vem acontecendo há quase quatro anos. O atual governo está acabando e vamos tocar obras emergenciais para resolver esse problema”, disse.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search