domingo, 3 de junho de 2018

Pesquisa CNT revela que 56% das rodovias de Pernambuco não prestam


            Pesquisa CNT de Rodovias, divulgada recentemente pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), revela que a situação das rodovias pernambucanas é bastante preocupante. Por aqui, o percentual de trechos inadequados é de 56,1%. Os trechos considerados ótimos ou bons chegam a 43,9%. 

O professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), Maurício Pina, faz um comparativo do Estado com Portugal, que possuem áreas territoriais equivalentes. Segundo ele, Portugal tem uma extensão de rodovias pavimentadas duas vezes maior que o Estado de Pernambuco. Para se ter ideia, o estado possui sete mil quilômetros pavimentados, enquanto Portugal possui 17.900 quilômetros pavimentados.

De acordo com o especialista, em Pernambuco, segundo dados que constam no plano logístico estadual, 86,4% das cargas são transportadas por rodovias, 11,5% da navegação por cabotagem ou transporte marítimo e 2,1% por ferrovia.

Para Pina, a alternativa para melhoria do cenário seria o investimento em ferrovias, mas “a Transnordestina está parada e sem previsão de avanço e, enquanto isso, as rodovias continuam na situação caótica e nós vivemos uma situação de caos”.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search