domingo, 31 de março de 2019

Sandy e Junior se pronunciam sobre polêmica em venda de ingressos


           A dupla Sandy e Junior resolveu se pronunciar no instagram após toda a polêmica envolvendo as empresas Live Nation e Ingresso Rápido, responsáveis pela comercialização dos ingressos da turnê. As empresas precisam prestar esclarecimentos para a justiça sobre a movimentação dos serviços de vendas, tanto online como presencial.

“Queridos fãs, estamos aqui como ‘dupla’ (algo que estamos assimilando e reaprendendo) para falar especialmente com vocês! Sempre tivemos um enorme carinho e orgulho pela história que construímos juntos. Este foi o principal combustível para revivermos, como o próprio nome da turnê diz, a Nossa História. E isso diz respeito diretamente a vocês. Estamos muito felizes com tudo o que está acontecendo. Na mesma proporção, estamos extremamente surpresos com o tamanho que a celebração está tomando. Às vezes, nem parece que é com a gente. O que inicialmente, bem lá atrás, chegamos a cogitar para ser um grande show comemorativo, nossa equipe acabou transformando numa turnê. Deu um frio na barriga… Mas, estávamos com tanta vontade, que entramos de cabeça e coração. E aí, os ingressos dos shows ficaram escassos. Esgotaram em horas. Gerou frustração em muitos (saibam que é nossa também!), desencadeou diversos questionamentos que estão, sim, sendo apurados por todas as equipes do projeto“, diz a declaração da dupla.

O caso - Por determinação do juiz Luiz Carlos de Miranda, titular da 14ª Vara Cível de Brasília, a produtora Live Nation e a empresa Ingresso Rápido, responsáveis por comercializar as entradas da nova turnê da dupla Sandy & Junior, terão de prestar esclarecimentos, sob pena de multa, sobre a movimentação de seus serviços de vendas.

Uma fã da dupla denunciou irregularidades na venda de ingressos para os shows da turnê “Nossa História” e a denuncia foi acolhida pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT).

A Justiça requer que seja apresentada uma prestação de contas minuciosa, com a quantidade de bilhetes vendidos a cada comprador, virtual e presencialmente. Também solicitou que as empresas cancelem as compras que infringiram a regra de até seis inteiras e duas meia-entradas por CPF e recoloquem os ingressos à venda.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search