sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Tudo igual: Renan Calheiros como candidato à presidência do Senado e Maia presidente da Câmara


          O líder interino do MDB, José Maranhão, informou nesta quinta-feira (31) que o partido decidiu indicar Renan Calheiros (MDB-AL) como candidato da legenda à presidência do Senado. A eleição que vai definir o sucessor de Eunício Oliveira (MDB-CE) está prevista para esta sexta-feira (1º).

Até o momento, outros sete senadores já se apresentaram como pré-candidatos à presidência do Senado. São eles, em ordem alfabética, Alvaro Dias (Pode-PR), Ângelo Coronel (PSD-BA), Davi Alcolumbre (DEM-AP), Esperidião Amin (PP-SC), Major Olímpio (PSL-SP), Reguffe (sem partido-DF) e Tasso Jereissati (PSDB-CE).

Já na Câmara dos Deputados, a votação também está marcada para 18h desta sexta-feira (1º). Também estão em disputa outros dez cargos da Mesa Diretora, responsável pela condução dos trabalhos legislativos e a gestão administrativa da Câmara. São duas vice-presidências, quatros secretarias (sendo quatro vagas titulares e quatro suplentes).

Sete nomes devem disputar a Presidência da Câmara, mas esse número pode ser alterado até horas antes da eleição.

O atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), é candidato à reeleição. Apontado como favorito nos bastidores, ele foi o candidato que conseguiu abarcar o apoio oficial do maior número de partidos: são 15 até o momento. No entanto, como a votação é secreta, não há a garantia de todos os deputados das bancadas seguirão a orientação do partido.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search