quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Prefeituras aguardam apresentação de profissionais para o Mais Médicos em PE

          Alguns municípios de Pernambuco presentes em uma lista do Ministério da Saúde com cidades brasileiras onde profissionais do programa Mais Médicos já se apresentaram aguardam o início dos atendimentos. Em ao menos três das quatro cidades mencionadas, no Grande Recife e na Zona da Mata, alguns ocupantes das vagas não se apresentaram às secretarias de saúde.

No Recife, oito dos 13 médicos que devem ocupar as vagas do programa se apresentaram à Secretaria de Saúde (Sesau), mas nenhum deles iniciou as atividades. "A previsão é de que alguns profissionais comecem na segunda [3]", conta a diretora executiva de gestão do trabalho do órgão, Karina Tenório.

Segundo a diretora, o prazo para início dos atendimentos nas unidades de saúde se encerra no dia 14 de dezembro. "Esse é o período que os médicos têm para providenciar o desligamento de outras unidades de saúde. Alguns deles vêm de Juazeiro, na Bahia, e de capitais como Maceió e Alagoas", afirma. Os médicos devem atuar em unidades de saúde nas zonas Norte, Sul e Oeste do Recife.

Em Moreno, na Região Metropolitana do Recife, a médica cubana que atuava na cidade encerrou as atividades na segunda (26). A prefeitura alegou que os médicos do programa devem começar a atuar em dezembro, mas não informou data específica.

Em São Vicente Férrer, o médico Mário Alves foi selecionado para preencher uma vaga no Posto de Saúde da Família Chã do Esquecido, na Zona Rural da cidade. Natural de João Pessoa, ele tem família materna no município pernambucano. “Pretendo completar o ciclo de três anos do programa aqui”, diz o profissional, graduado há quatro anos.

A médica cubana que atuava no município estava de férias no momento em que Cuba anunciou que deixaria o programa brasileiro. "Como ela se casou com uma pessoa aqui no Brasil, ela nos disse que vai tentar o Revalida para permanecer aqui", afirma Morgana Cavalcanti, coordenadora da Atenção Básica do município.

A prefeitura de Carpina, na Zona da Mata, informou que a situação dos médicos do programa, no município, deve estar regularizada até a sexta-feira (30). Do G1PE

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search