quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Panorama: Na Arcoverde do shopping a transparência que foi parar na delegacia

Zoroastro resolveu andar, andar e andando se deparou com uma placa de um shopping de Arcoverde. Urra! Vamos ter shopping com McDonalds e cinema, mas o Cine Rio branco já faz festa sem outdoor comemorando mais de um ano fechado...Tempos modernos! E se tem outdoor anunciando 100 milhões de negócios no futuro centro de compras, tá faltando link no portal da prefeitura mostrando tudo o que os Conselhos municipais fazem com o dinheiro do povo. Na falta de transparência, a história acabou na delegacia. Mas viva a democracia! Segundo Moro, se cometer crime, pegar dinheiro dos outros e burlar a lei, basta pedir desculpas como fez o deputado Onix Lorenzoni dos demos (DEM), o futuro ministro da Casa Civil. Se é de Bolsa tá limpo, pode ser réu da lavajato, mas, afinal não tem uma estrelinha (PT) no peito...Coisa horrível esses vermelhos! Mas não são os petistas, são os pedacinhos das melancias que até hoje as escolas municipais de Arcoverde esperam. Segundo a CGU, eram tanta melancia que acabaram não chegando na barriga da gurizada. Será que foi meda de dar buxo d’água? E os bolsonaristas estão em festa. Tiraram o PT e agora comemoram a reforma da previdência de Temer que caiam de pau nas redes sociais. Reforma da previdência de Temer? E agora é boa? Não é a toa que os zói andam trocados. E pra fechar, Zoroastro tá procurando o deputado federal eleito da prefeita. Será que ele não aprendeu a os novos tempos política como revelou o novo intelecto da política nacional? Como diria Zoroastro em seus ditados: quem tem telhado de vidro tem que ter cuidado aonde joga a pedra... 

Correndo atrás – Depois de votarem no candidato da prefeita a deputado estadual, o socialista Waldemar Borges, vereadores do governo, que pregavam o “Pernambuco na Frente”, agora correm para tentar salvar a Fundação Altino Ventura ameaçada de fechar. Por Paulo! Já imaginou se na campanha eleitoral o candidato a deputado e a governador dissessem que as primeiras medidas seriam fechar a delegacia contra a corrupção e fechar a Fundação Altino Ventura? Não ia ter gás que aguentasse em Arcoverde.

Pisada de bola - Na contramão da hierarquia dos órgãos, a vereadora Cleriane Medeiros (PRTB) acabou dando mote a quem fala que os “vereadores não sabem de nada”. Queria porque queria aprovar um requerimento cobrando informação do Ministério Público Federal (sic). É o MPF que cobra informação da Câmara de Vereadores e outros órgãos. Pedindo até “pelo amor de Deus” diante da desinformação, a presidente da casa Célia Galindo (PSB) não colocou a matéria em votação. James Pacheco já ameaçava sair do túmulo.

Efeito Pinóquio – No discurso da última segunda-feira (05) na Casa James Pacheco, o vereador Siqueirinha (PSB), na ânsia de agradar o governo acabou lendo o discurso de gabinete e terminou sendo batizado por ouvintes de o 'Pinóquio' da semana. Disse que o deputado federal Zeca Cavalcanti (PTB) destinou apenas R$ 1 milhão de emendas para Arcoverde. O governo engana até os próprios vereadores aliados. Foram mais de R$ 3,3 milhões de emendas próprias, destas, mais de R$ 2 milhões para a saúde. Sem contar ainda os mais de R$ 2,5 milhões do deputado Júlio Cavalcanti e outros R$ 6 milhões do senador Armando Monteiro. O governo continua criando as fake news desinformando seus vereadores. Pelo jeito os novos tempos política ainda é do tempo daquele paninho que bebê usa pra não se lambuzar.

Cadê o dinheiro? – Embora esquecido por muitos, a justiça segue firme no processo que apura os desvios de recursos na Câmara de Vereadores de Arcoverde. Lembram? Setores da oposição questionam se aquilo era o exemplo de “nova política” e aguardam a atual presidente da casa James Pacheco cobrar a devolução do dinheiro que sumiu das contas na gestão passada da casa legislativa. É o que manda a lei, que os recursos extraviados devem ser ressarcidos. É os novos tempos da política. Segundo assessoria, a Câmara vai mandar a conta.

PUBLICIDADE

Não me calo – Foi o recado dado pela vereadora Zirleide Monteiro (PTB) em sua rede social ao comentar sobre a terceira denúncia de irregularidades encontradas pela CGU na Secretaria de Educação. “Não trabalhamos para agredir ninguém, mas não vão nos calar com ofensas, críticas de protegidos e beneficiários do poder da prefeitura, quando tivermos que mostrar a população a verdade. O povo não quer a fantasia paga, cara, com o dinheiro da prefeitura nas rádios ou jornais, não quer o falso moralismo”, fechou.

Olho na cadeira – É na cidade da Pedra, o povo já cansado do duelo “Braz e Vaz” pode apostar na mudança com um nome novo no pleito de 2020. Entre os pretendentes que diz sonhar com uma Pedra sem agiota na porta da prefeitura é o advogado Rivaldo Leal. Filho da terra, Rivaldo não é político de carreira, não tem mandato, advoga em toda a região, mas diz que seu sonho é ver a Pedra dando certo e de cara nova. É aguardar pra ver se a Pedra muda ou segue andando de cavalinho. 

Zoroastro quer saber: Qual o número da da lei aprovada que fez a doação de terreno no bairro do São Geraldo, em frente ao antigo Caldinho, para construção de casinha das motos? Os mototaxistas dos outros bairros também querem.



Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search