terça-feira, 6 de novembro de 2018

Panorama: Arcoverde dá Adeus a Fundação Altino Ventura

            No próximo dia 10, sábado, populares estão convocando pelas redes sociais a população de Arcoverde para protestar pela saída e defender a permanência da Fundação Altino Ventura na Capital do Sertão. A informação é que a unidade vai fechar no próximo dia 27 de novembro, encerrando um ciclo de 10 anos de atuação e atendendo uma população de mais de 400 mil pessoas em 13 municípios. Motivo: falta de recursos. Parte seria do governo do estado, que não paga as prestadoras de serviços que atendem a fundação. 

Não é um problema simples, mas deveria, se todos os municípios que torram dinheiro todos os anos com grandes festas tirassem um pouco para investir num consórcio em favor da fundação. Mas ela tá em Arcoverde, então cabe a Arcoverde sustentar. Não! Ela atende a cidadãos e cidadãs de 13 cidades, mas essas cidades não contribuem para a sustentabilidade do órgão que abre os olhos para uma nova vida de milhares de pernambucanos. Mandar a conta para Arcoverde somente é fácil, mas não cabe a Arcoverde ficar responsável por outras 12 cidades que também usufruem da FAV. 

Infelizmente a responsabilidade da prefeita, que diz em nota que está se “mexendo” para manter a FAV em Arcoverde, é de ter contribuído para a eleição de um governador que vira às costas para a saúde do povo e de um deputado estadual mas preocupado com outros municípios. No final, o governo que fecha uma delegacia que combate a corrupção, agora está prestes a fechar uma unidade da Fundação Altino Ventura por descaso e falta de investimento. Apesar de todo o esforço, a informação é que a FAV já prepara mesmo o adeus da Terra do Cardeal. Seria o preço de uma eleição não pensada? Será mesmo Pernambuco na frente? Bom, o povo de Pernambuco e Arcoverde está recebendo a fatura do voto de confiança nos atuais governantes.


Governo x Governo – Foi o que pode ser visto ontem à noite na sessão da Câmara de Vereadores de Arcoverde. Defensora ardorosa do governo, a vereadora Célia Galindo (PSB) disse que enquanto os vereadores buscam defender o governo das acusações e aprovar os projetos para o desenvolvimento do município, integrantes do próprio governo malham o pau nos parlamentares. Segundo ela, a assistente social Edvane teria dito que “os vereadores não sabem de nada”, referindo a questão dos conselhos municipais. São os chamados “inimigos de confiança”.

Texto medíocre – Ao invés de defender o governo e desfazer a denúncias da CGU contra a prefeitura de Arcoverde, o vereador Wevertton Siqueira – Siqueirinha (PSB), resolveu partir para ‘bater’ no deputado federal Zeca Cavalcanti a mando do governo, ironizando com a derrota nas urnas. No esforço de desqualificar a oposição, esqueceu de olhar para o próprio passado quando seu pai (Sargento Siqueira) em altos e grandes discursos defendia “o melhor prefeito de nossa história” e que, agora, Arcoverde volta 30 anos e fica sem representação federal e estadual graças a esses tipos de inteligência. Sobre a CGU, Siqueirinha não conseguiu explicar nada, porque nem sabia e nem o assessor do governo conseguiu levar.  

Cadê a água - A falta de água nos municípios de Paranatama, Tacaratu e Manari levou o deputado Rodrigo Novaes (PSD), governista de carteirinha, a cobrar providências. Em discurso, o parlamentar pediu mais atenção dos governos Estadual e Federal nas operações de abastecimento com carros-pipa e poços artesianos nessas cidades. Segundo ele, nem o Exército e nem o Estado funcionam. Lascou tudo!

Empreendedorismo - Começou nesta segunda (05) a Semana Global de Empreendedorismo, que conta com várias oficinas gratuitas, numa parceria da Prefeitura de Arcoverde e Sebrae. Vai até sexta-feira (09), sempre das 14h às 18h, na sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. As Oficinas SEI (Sebrae Microempreendedor Individual) do Sebrae ensinam os principais pontos para a gestão de um negócio eficiente e lucrativo. Informações pelo (87) 3821-9019.

Olho na cadeira I - Em Tuparetama o que não falta são candidatos ao cargo de Prefeito. Além do atual gestor Sávio Torres que certamente buscará a reeleição, nos bastidores da política mais três nomes são ventilados no momento. Deva Pessoa, ex-Prefeito, o vereador Diógenes Patriota e Júnior Honorato, ligado ao movimento dos trabalhadores rurais. Se comenta que o projeto da candidatura do vereador seria barganhar a vaga de vice do prefeito Sávio.

Olho na cadeira II – Já em Belo Jardim, Agreste de Pernambuco, quem botou o nome na rua e na boca do povo de olho na cadeira do prefeito Hélio dos Terrenos (PTB), foi a ex-primeira dama Isabelle Mendonça, esposa do ex-prefeito João Mendonça, do PSB. Já visitando correligionários e comendo galinha com xerém, Isabelle deve ser a grande novidade no pleito de 2020. Deve enfrentar, além de Hélio, o ex-ministro Mendonça Filho ou seu filho, Vinicius Mendonça (DEM). Segundo os meios político de BL, Isabelle já começa dando uma tacada certa.

Nova piada – O juiz Sérgio Moro, convidado e convite aceito para ser Ministro da Justiça e Segurança no governo Bolsonaro, disse ontem a mais nova pérola de sua carreira. Disse que não será candidato a nenhum cargo, nunca! (sic). Antes ele dizia que “NUNCA” entraria na política e seria sempre juiz. Mordeu a língua e vai ser ministro, entrando na política de mala e cuia. Dá pra acreditar nessa nova promessa?

Zoroastro quer saber: quando a prefeitura via pagar os cachês atrasados dos artistas arcoverdenses que se apresentaram no São João? 

PUBLICIDADE

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search