sexta-feira, 18 de maio de 2018

Cinco submetralhadoras iguais à usada para matar Marielle sumiram da polícia do Rio


       Cinco submetralhadoras HK MP-5 desapareceram do arsenal da Polícia Civil do Rio até 2011, segundo informações obtidas pelo RJTV. De acordo com peritos, a arma alemã foi usada por criminosos para matar a vereadora Marielle Franco e o motorista dela, Anderson Gomes.

Conforme informou a repórter Bette Lucchese nesta quinta-feira (17), havia 71 submetralhadoras MP-5 no arsenal das polícias fluminense. Em 2011, durante um racadastramento, foi constatado que cinco delas haviam desaparecido das cerca de 60 que a Polícia Civil tinha.

As outras 11 submetralhadoras do mesmo tipo pertencem ao Batalhão de Operações Especiais (Bope) e foram cedidas ao Tribunal de Justiça do Rio (TJ). Nesta quinta, foi confirmado que nenhuma delas foi extraviada ou roubada.

A Polícia Civil foi procurada pela produção do RJTV, mas ainda não se manifestou sobre o desaparecimento das cinco submetralhadoras.

Durante a reconstituição do crime, na semana passada, testemunhas do assassinato identificaram o som da arma como sendo parecido com os dos disparos feitos na noite da ação criminosa. A arma é pouco usada no Rio. Somente 17 foram apreendidas com criminosos no estado.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search