quarta-feira, 29 de maio de 2019

Segurança Pública de Itaíba foi pauta de encontro no MPPE


            Aumento do efetivo de policiais militares para o trabalho ostensivo permanente na cidade; instalar a operação madrugada segura, visando aumentar a segurança no período noturno no município; e instituir operações periódicas de trânsito na cidade, foram algumas das propostas apresentadas durante encontro promovido pela Promotoria de Justiça de Itaíba com os principais representantes do setor de segurança pública da região.

O encontro teve como principal objetivo debater as estatísticas territoriais de municípios próximos e o efetivo policial presente em Itaíba em comparação com os municípios de Águas Belas, Manari, Tupanatinga e a divisa com o estado de Alagoas.

Durante a reunião o promotor de Justiça Jefson Márcio Silva Romaniuc apresentou os índices de criminalidade na região e falou sobre a dificuldade para que a força policial atue. O tenente-coronel Luiz Ribeiro da Costa Junior, da PMPE, relatou que futuramente na cidade de Águas Belas será ativado um batalhão próprio. Ele também apresentou as ações propostas pelo projeto institucional Pacto dos Municípios pela Segurança Pública.

O tenente-coronel explicou que, em relação ao complemento policial, há a presença de uma pequena guarnição, além de uma patrulha rural e também do Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati), que fazem a cobertura no município frequentemente. O representante da PM relatou ainda que os homicídios diminuíram em comparação ao ano de 2018, bem como já há uma redução na criminalidade em 2019. O comandante afirmou ainda que conseguiu, junto à Prefeitura, transporte para a realização das operações.

O delegado de Polícia James Karlos Queiroz destacou a possibilidade de instalar câmeras como uma medida para ajudar na resolução de crimes, sugestão que foi corroborada pelo controlador municipal de Itaíba, Alexandre Caraciolo.

O juiz de Direito Patrick de Melo Gariolli disse que a sensação de segurança no município de Itaíba ainda não é boa e que a solicitação de mais policiamento é necessária “para mostrar que o Estado é presente”.

Outro tema trazido para discussão foi a situação das estradas ao redor do município, com registro de altos índices de criminalidade, principalmente na divisa com Alagoas, uma vez que a região sofre com ausência de policiamento.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search