segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Arcoverde: Prefeita já sabia do fechamento da Fundação Altino Ventura desde agosto


          Em uma nota divulgada neste final de semana, a Fundação Altino Ventura desmente a “surpresa” da prefeitura de Arcoverde com o fechamento da unidade no município. Segundo a FAV, em nota, referindo as declarações públicas do município de Arcoverde, diz que a prefeita de Arcoverde já sabia de tudo o que estava acontecendo e de que a unidade seria fechada.

Na nota a  FAV diz que “não houve qualquer surpresa a este no que se refere ao fechamento da unidade, haja vista que ainda no mês de agosto, com a presença de representantes do município foi apresentada a situação financeira de suas filiais que já se encontravam nesta data com mais de 13 (treze) meses de atraso (maio de 2017 a junho de 2018), quando foi solicitado apoio para manutenção dos serviços, os quais alegaram que iriam diligenciar junto ao Estado de Pernambuco”.

A nota joga por terra a notícia postada pela prefeitura no dia 05 de novembro aonde dizia que “Sobre as notícias a respeito da possibilidade da Fundação Altino Ventura suspender os atendimentos oftalmológicos em Arcoverde, e ciente da importância dos serviços de saúde prestados pela instituição não só para Arcoverde como para todos os municípios da região do Moxotó e outras cidades próximas, a prefeita Madalena Britto decidiu se antecipar”. A notícia segue com trecho destacando a palavra da prefeita Madalena Brito aonde ela diz “A Fundação Altino Ventura realiza um trabalho essencial para nossa população. Por isso, já estamos entrando em contato com a direção da Fundação e também com o Governo do Estado de Pernambuco para que juntos possamos encontrar uma solução para o problema”.

Ou seja, a prefeitura já sabia desde agosto que a unidade iria fechar. Neste período a prefeita estava nas ruas pedindo votos para seus candidatos, entre eles o atual governador Paulo Câmara (PSB), que, segundo a mesma Fundação Altino Ventura, deve mais de R$ 18 milhões a entidade.

Omitiu-se o problema da população para que a questão não viesse durante a campanha eleitoral e o resultado final foi Arcoverde ficar sem a unidade da FAV após 10 anos de funcionamento. A Fundação Altino Ventura chegou a Arcoverde em 2008, durante o governo do ex-prefeito e deputado federal Zeca Cavalcanti (PTB).




Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search