sábado, 7 de julho de 2018

Toffoli vai assumir presidência do STF e pode soltar Lula em julho


          Há muitos petistas comemorando por antecipação e já fazendo as contas. Eles apostam alto que o ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), poderá tirar Lula da cadeia ainda neste mês de julho, informa a jornalista Denise Rothenburg, do Correio.

Como o presidente Michel Temer fará várias viagens para o exterior, a presidente do STF, Cármen Lúcia, assumirá o comando do país. Com isso, Dias Toffoli passará a tocar o Supremo nesse período de recesso do Judiciário. Na presidência da Corte, poderá acolher monocraticamente qualquer liminar que lhe chegar às mãos, inclusive uma requerendo a liberdade de Lula.

Os petistas não querem fazer alarde sobre tal possibilidade, mas, internamente, já fazem planos, como o de promover uma grande viagem do petista pelo país para reforçar a candidatura dele ao Palácio do Planalto. A meta será constranger ao máximo a Justiça Eleitoral, que, pela Lei da Ficha Limpa, terá que negar o registro de Lula como candidato.

O prazo para a possível liberdade de Lula já está demarcado: entre 23 e 27 de julho. Nesse período, Temer vai emendar duas viagens ao exterior. A primeira parada, entre 23 e 24, será no México, onde ele participará da reunião da Aliança do Pacífico. A segunda parada será na África do Sul, para a reunião dos Brics, acrônimo que reúne, além daquele país, Brasil, China, Rússia e Índia.

Pela lei eleitoral, nem o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, nem o presidente do Senado, Eunício Oliveira, podem assumir a Presidência da República, pois, se o fizessem, estariam impedidos de disputar as próximas eleições. Eles também devem se ausentar do país. Por, isso, o chefia do Brasil vai para Cármen Lúcia.

Como diz um petista graduado, tudo conspira a favor da libertação de Lula. Depois de José Dirceu, de quem foi subordinado, Toffoli poderá tirar Lula da cadeia, criando um grande fato político, que terá enorme repercussão nas eleições. O país, por sinal, já estará mergulhado na corrida ao Palácio do Planalto. Do Correio Braziliense

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search