quarta-feira, 23 de maio de 2018

Protesto de caminhoneiros provoca filas em postos de combustíveis de Arcoverde


        O protesto dos caminhoneiros contra o preço do diesel está afetando o fornecimento de combustível na Região Metropolitana do Recife e em todo o interior do Estado, a exemplo de Arcoverde, onde vários postos já não tem mais gasolina e álcool para abastecer os veículos, alguns já estão fechando por não ter mais os produtos. Durante toda essa tarde, longas filas eram registadas nos postos de combustíveis da cidade.

No Grande Recife, passageiros relataram filas maiores para pegar ônibus, devido à redução de 8% no número de viagens, anunciado pelo Grande Recife Consórcio de Transporte para evitar desabastecimento da frota. 

Desde a segunda-feira (21), os caminhoneiros realizam protestos. Ao longo desta quarta-feira (23), bloqueios foram feitos por caminhoneiros em diferentes rodovias do estado.

Segundo o Porto de Suape, um grupo impede que caminhões entrem no complexo portuário. Ônibus e veículos menores têm acesso normal. O protesto faz parte da mobilização nacional.

A Justiça Federal concedeu liminar, na noite de terça-feira (22), determinando que o Sindicato dos Condutores em Transportes de Cargas Autônomos de Pernambuco (Sintracape) autorize o acesso de uma empresa terceirizada, que transporta combustível aeroviário, ao Porto.

A medida atende a um pedido da União, uma vez que o protesto vem afetando tanto a atividade portuária quanto a regularidade de fornecimento de combustíveis para o Aeroporto dos Guararapes. Por volta das 9h, o Porto de Suape informou que os manifestantes permitiram o acesso dos caminhões que fazem transporte de combustível de aviação.

Como o protesto da categoria continua, há o bloqueio de outros caminhões ao complexo portuário. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), caminhões voltaram a estacionar no quilômetro 83 da BR-101, em Jaboatão, ocupando uma pista em cada sentido, assim como ocorrido na segunda e na terça. Há registro de engarrafamento no local.

Também na BR-101, na altura do supermercado Açaí de Abreu e Lima, caminhoneiros bloquearam parcialmente a rodovia por volta das 9h. Os veículos que vêm do interior para a capital passavam por apenas em apenas uma faixa, por volta das 12h, o que deixava o trânsito lento.

Nesta quarta, também são realizados protestos da categoria em rodovias federais do interior do estado. Em Taquaritinga do Norte, no Agreste, a prefeitura suspendeu as aulas devido à falta generalizada de combustível. Em vários municípios da região, a exemplo de Buíque, Pedra, Tupanatinga e Itaíba já não tem mais combustíveis para abastecer os veículos.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search