sábado, 14 de abril de 2018

Chuva deixa mais de 800 pessoas desalojadas em Bodocó e interdita PE-545


              Ruas e avenidas de Bodocó, no Sertão de Pernambuco, estão alagadas no município. A chuva começou na madrugada da sexta-feira (13), e, em menos de 24 horas, choveu quase 70 milímetros na cidade. Rios e riachos transbordaram e a água invadiu as casas e moradores perderam móveis e eletrodomésticos. Há quase 60 anos, Bodocó não enfrenta uma enchente nessas proporções.

De acordo com a prefeitura do município, já são cerca de 817 pessoas desalojadas. Muitas delas, precisaram ser levadas para creches e escolas. "Muita gente desabrigada. E a gente já tá em alerta de certa forma pra contar com o apoio e a colaboração de muita gente, principalmente em Bodocó, pra que a gente possa recomeçar a vida de quem perdeu tudo. Infelizmente é essa a situação", diz o cantor Flávio Leandro, que enviou uma mensagem para a TV Grande Rio através de um aplicativo.

A ponte que liga Bodocó a Ouricuri por pouco não foi levada pela força da água e corre o risco de desabar a qualquer momento, de acordo com o Bombeiro Civil, Júlio César Lima Pereira. Os moradores que tinha saído da cidade ficaram sem ter como voltar para casa. A prefeitura de Bodocó informou que a PE-545, principal via de acesso à cidade, continua interditada. Não há previsão para que o trecho seja liberado.

O prefeito de Bodocó, Tulio Alves, decretou estado de emergência no período de 180 dias no município. Em nota, o Governo de Pernambuco, por meio da Casa Militar e da Secretaria Executiva de Defesa Civil, informou que enviou equipes para o município, junto com militares do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar, para prestar o apoio necessário.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search