terça-feira, 6 de agosto de 2019

TCE julga irregulares contas de Auditoria Especial em Ibimirim


               Por unanimidade, a Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco julgou irregulares as contas da Auditoria Especial realizada no município de Ibimirim, aplicando multa ao prefeito Adauto Bodegão (PP). O relator do voto foi o Conselheiro Valdecir Paschoal.


O Processo nº 18582230 teve por base Auditoria Especial realizada na Prefeitura Municipal de Ibimirim no exercício financeiro de 2018, objetivando analisar possíveis irregularidades no destino final dos resíduos sólidos urbanos do município.

No voto o relator determinou, ainda, que a Prefeitura de Ibimirim, com base no disposto no artigo 69 da Lei Estadual nº 12.600/2004, que no prazo de 90 (noventa) dias, elabore e apresente plano de ação visando à adequação da destinação dos resíduos sólidos urbanos e eliminação da deposição dos resíduos nos chamados “lixões”.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search