quarta-feira, 15 de maio de 2019

Manifestantes protestam no Recife contra bloqueio de verbas na educação


             Centenas de manifestantes protestaram na Rua da Aurora, no Centro do Recife, contra o bloqueio de verbas para universidades e institutos federais feito pelo Ministério da Educação (MEC) na tarde desta quarta-feira (15). Representantes de sindicatos, associações, movimento estudantil, movimento social e sociedade civil reuniram-se em frente ao Ginásio Pernambucano antes da passeata. 

Mais de 40 instituições participaram da manifestação. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), uma das entidades que organizaram o protesto, 50 mil pessoas estiveram presentes no ato. A Polícia Militar não divulga estimativa de público em manifestações.

A passeata pelas ruas da área central da capital pernambucana teve início às 16h45. O trajeto da caminhada incluiu vias como a Rua João Lira, Rua dos Palmares, Avenida Cruz Cabugá, Rua do Hospício, Avenida Conde da Boa Vista, Avenida Guararapes, Avenida Dantas Barreto e Pátio do Carmo.

Em abril, o MEC divulgou que todas as universidades e institutos federais teriam bloqueio de recursos. Em maio, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) informou sobre a suspensão da concessão de bolsas de mestrado e doutorado.

De acordo com o Ministério da Educação, o bloqueio é de 24,84% das chamadas despesas discricionárias — aquelas consideradas não obrigatórias, que incluem gastos como contas de água, luz, compra de material básico, contratação de terceirizados e realização de pesquisas.

O valor total contingenciado, considerando todas as universidades, é de R$ 1,7 bilhão, ou 3,43% do orçamento completo — incluindo despesas obrigatórias. Do G1

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search