quinta-feira, 23 de maio de 2019

Buíque: Jonas Camelo sai do PSD e fecha acordo com Modésio e a vereadora Corina


           De olho na cadeira de prefeito que ocupou por 08 anos, o ex-prefeito Jonas Camelo mudou de partido e fechou uma aliança político-eleitoral com o pecuarista e ex-vice-prefeito Modésio Soares. Com ele, vai também a presidente da Câmara Municipal, a vereadora e esposa de Modésio, Corina Galindo (MDB).

O ex-prefeito também abandou o PSD ao comunicar sua saída da legenda ao presidente regional do partido, deputado federal André de Paula. A mudança teria sido motivada pela entrada da ex-vice-prefeita Miriam Briano, que saiu do PSB para o partido pessedista.

De acordo com o colunista Adauto Nilo, a dupla Jonas Camelo, ainda sem partido, e Modésio Soares formariam a chamada “chapa quente” nas eleições de 2020 com o objetivo de desbancar o prefeito Arquimedes Valença (MDB) que vem sofrendo um desgaste diante de uma administração sem resultados para a população.

Outros nomes descontentes com o governo Arquimedes já estariam sendo conversados e cooptados pelo ex-prefeito Jonas Camelo aproveitando da falta de articulação política e administrativa do governo municipal. Na recente comemoração dos 165 anos de Buíque, o prefeito Arquimedes Valença teve ao seu lado durante o hasteamento da bandeira apenas 02 vereadores (Vanildo Almeida e Peba do Carneiro). Em 2018 estavam os 15 parlamentares.  

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search