quarta-feira, 14 de agosto de 2019

Ibimirim: TCE julga ilegais contratações temporárias de 2018 do prefeito Adauto Bodegão


              A Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado julgou ilegais 152 contratações temporárias realizadas no exercício financeiro de 2018 pelo prefeito de Ibimirim, Adauto Bodegão (PP). O voto contrário a aprovação foi do relator conselheiro substituto Ricardo Rios.

Ao julgar ilegais as contratações, segundo o processo nº 18598304, o TCE negou por conseqüência os registros dos funcionários admitidos na época e ainda aplicou multa ao prefeito Adauto Bodegão.

O Tribunal de Contas ainda não disponibilizou o Inteiro Teor da Deliberação, aonde está definido o valor da multa aplicado ao prefeito e os considerandos da decisão.


Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search