quarta-feira, 3 de julho de 2019

Brasil derrota Argentina por 2 a 0 e está na final da Copa América


           Um clássico frenético, disputado, com a rivalidade que representa a história do jogo. Dos confrontos entre as duas seleções. Sete títulos de Copas do Mundo. Vinte e quatro de Copa América. Pela semifinal da Copa América, em duelo que nunca ocorreu na história da competição, Brasil e Argentina duelaram no Mineirão. À sombra do fantasma no fatídico 7 a 1 contra a Alemanha, o estádio viu a Seleção de Tite derrotar por 2 a 0 os Hermanos. 

Brilhou a estrela do atacante Gabriel Jesus, que fez o primeiro gol e deu assistência para Roberto Firmino ampliar o placar. Assim se redimindo após quase dois anos sem marcar gols em jogos oficiais, desde as Eliminatórias para a Copa do Mundo, em 2017. Mas, mais do que ressurgir um jogador, foi a Seleção que encontrou o caminho do bom futebol. Sem apatia. E que agora tem a chance de levantar a 10ª taça na Copa América, enquanto a Argentina ficou no meio do caminho. 

“Falta um passo mais para o objetivo. Tudo traçado desde o princípio está se cumprindo”, comentou o lateral direito Daniel Alves na saída do campo, lembrando do duelo do domingo, às 17h (de Brasília), no estádio do Maracanã, contra um adversário que sai do confronto entre Peru e Chile, na noite desta quarta, na Arena do Grêmio.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search