terça-feira, 9 de julho de 2019

Assessora de imprensa de Moro pede demissão no dia que sai áudios da Vaza Jato


   A jornalista Giselly Siqueira acaba de pedir demissão do cargo de assessora especial de comunicação do Ministério da Justiça, de Sérgio Moro.

Antes de trabalhar com Moro, Siqueira foi assessora de comunicação em vários órgãos públicos, como o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) da gestão dos ministros Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski.

Ela também chefiou a assessoria de imprensa do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), quando Gilmar Mendes presidiu a corte e foi da equipe de comunicação da Procuradoria-Geral da República na gestão de Antonio Fernando de Souza e de Roberto Gurgel.

Ela é casada com o também jornalista Vladimir Netto, autor do livro Lava Jato – O juiz Sérgio Moro e os bastidores da operação que abalou o Brasil, obra publicada em 2016 e que foi usada na elaboração do roteiro da série O Mecanismo da Netflix.

A saída da assessora coincide com a divulgação pelo site Intercept dos primeiros áudios das conversas dos procuradores da Lava Jato. No arquivo divulgado o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da operação, comemora a proibição de uma entrevista de Lula no ano passado. 

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search