terça-feira, 14 de maio de 2019

Setor de serviços cai 0,7% em março, 3º recuo mensal seguido


              O volume do setor de serviços caiu 0,7% em março frente a fevereiro, segundo divulgou nesta terça-feira (14) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Trata-se da terceira queda mensal seguida do indicador, confirmando a perda de ritmo da economia neste início de ano e reforçando a expectativa de uma possível retração do PIB (Produto Interno Bruto) no 1º trimestre.

Na comparação com março do ano passado, a queda foi de 2,3%, a mais intensa desde maio de 2018 (-3,8%), interrompendo uma sequência de 7 taxas positivas nessa base de comparação.

No acumulado em 12 meses, a alta acumulada passou de 0,7% em fevereiro para 0,6% em março, interrompendo a trajetória ascendente iniciada em abril de 2017 (-5,1%), confirmando a perda de fôlego da recuperação econômica.

Com o resultado de março, "o setor acumula queda de 1,7% nos três primeiros meses do ano e elimina a alta de 0,9% entre outubro e dezembro de 2018", destacou o IBGE na divulgação.

O gerente da Pesquisa Mensal de serviços, do IBGE, Rodrigo Lobo, destacou que o resultado de março foi a queda mais intensa desde maio de 2018, quando houve a greve dos caminhoneiros.

A receita nominal de serviços, por sua vez, caiu 0,6% em março, frente ao mês imediatamente anterior, mas aumentou 1,1% em relação a um ano antes. No ano, houve expansão de 4,3% e, em 12 meses, elevação de 3,5%.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search