quinta-feira, 10 de maio de 2018

Arcoverde: Câmara aprova leis que beneficiam pessoas com autismo


        A Câmara de Vereadores de Arcoverde aprovou dois projetos para beneficiar pessoas com Transtorno de Espectro Autista (TEA), o Autismo, que é um Transtorno Global do Desenvolvimento caracterizado por alterações significativas na comunicação, na interação social e no comportamento.

Os projetos 2.536/2018 e 2.537/2018 foram apresentados pela vereadora Zirleide Monteiro (PTB) e ampliado pelo vereador Wervertton Siqueira (PSB), respectivamente, e colocados como prioridades pela presidente da Casa James Pacheco, a vereadora Célia Almeida Galindo (PSB).

Pelo Projeto da 2.536 da vereadora trabalhista, as pessoas com Autismo terão direito ao atendimento prioritário nos estabelecimentos públicos e privados de Arcoverde, como repartições públicas, bancos, lotéricas, etc. Pela lei aprovada, os estabelecimentos públicos e privados localizados no município são obrigados a inserir, nas placas de atendimento prioritário, o símbolo mundial do Autismo, bem como, nas placas indicativas de vagas preferenciais em estacionamentos e garagens, mensagens educativas.

Já a lei 2.537 cria critérios para identificar, através do cartão de identificação (carteira), as pessoas com autismo, facilitando seu acesso aos locais públicos e privados, além da gratuidade na zona azul da cidade.

“O projeto surgiu de uma solicitação dos pais dessas crianças tão especiais e que tem um alcance social de enorme importância, no sentido de podermos garantir a essas crianças, a esses portadores do autismo, a dignidade e o direito de serem tratados como iguais, mesmo em suas diferenças”, disse a vereadora Zirleide Monteiro.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search