quarta-feira, 15 de maio de 2019

Arcoverde: Personalidades e artistas fazem postagens sobre a morte do diretor e artista Henry Pereira

   Várias personalidades do mundo cultural, político e educacional postaram hoje mensagens pela morte do professor, artista e diretor da Escola Monsenhor José Kherle,  em Arcoverde, Henry Pereira. O ator e diretor de teatro, Romualdo Freitas, fez um lamento e um protesto ao homenagear o amigo....


Por Romualdo Freitas

Muito triste...

"ASSASSINATO EM ARCOVERDE

Laroyê Exu pra abrir teus caminhos!

Kaô Kabecilê pra te fazer justiça!

Mataram mais um preto em Arcoverde. Calaram mais um militante. Censuraram mais um professor. Curaram mais um gay.  Exterminaram mais um indigenista. Interromperam o sonho de um artista.

A Cultura de Arcoverde está de luto! E todos os seus: Teatreiros, dançarinos, coquistas, quilombolas, indigenas, lgbts, capoeiristas, poetas, musicos, pajés e doutores. A cidade está de luto.A Estação da Cultura. 
O Povo Xukuru.

Havia muitos admiradores.
E também, muitos inconformados.

A transgressão e a desordem que era proposta em seu ideário incomodavam demais aos que so entendem a lógica da ordem... e do progresso. E assim era a cultura politica do irmão Henry PereiraPereira. Quanticava isso nas artes então... era lâmina afiada nos dois gumes.

Silenciaram HENRY PEREIRA
Mas nunca silenciarão o seu legado.

15 de maio de 2019
Parem de nos matar!"

Romualdo Rodrigues de Freitas

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search