Mostrando postagens com marcador PARAÍBA. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador PARAÍBA. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 1 de junho de 2022

Polícia Civil descobre cemitério clandestino no interior da Paraíba

                  Em operação contra integrantes de organizações criminosas que atuam na Paraíba, a Polícia Civil revelou a existência de uma espécie de cemitério clandestino com restos mortais de pelo menos três pessoas desaparecidas, na região entre os municípios de Lagoa de Dentro e Jacaraú.

Batizada de Cérbero, a operação cumpriu, na madrugada desta quarta-feira (1º), mandados de busca e apreensão domiciliar na capital, João Pessoa, e nos municípios de Mamanguape, Jacaraú, Lagoa de Dentro e Pedro Régis.

Os agentes investigam os crimes de tráfico de drogas, homicídio, roubo, furto e receptação e também de ocultação de cadáver. Até o momento, foram apreendidas armas de fogo, três quilos de cocaína e dois de maconha, além de 19 veículos que tinham sido roubados.

De acordo com o delegado Walter Brandão, responsável pela operação, durante as investigações, a polícia verificou que tinha aumentado o número de homicídios nos municípios de Jacaraú, Pedro Régis, Lagoa de Dentro e Duas Estradas. Em seis meses, foram registradas mais de 12 mortes por homicídio na região, quando a média era de dois assassinatos.

No desdobrar das apurações, os policiais descobriram os restos mortais de pessoas, até então dadas como desaparecidas. Segundo o delegado, alguns dos homicídios eram citados nas redes sociais de integrantes das organizações criminosas.

CURTA NOSSA FANPAGE E PERFIL NO INSTAGRAM

https://www.instagram.com/afolhadascidades

https://www.facebook.com/afolhadascidades/

sábado, 23 de abril de 2022

O prefeito de capital que emprega mulher, filha e cunhada

                       Em João Pessoa, capital da Paraíba, ter o sobrenome “Lucena” pode ajudar a garantir cargo público no comando das secretarias municipais. No começo do mês, o prefeito Cícero Lucena (PP) nomeou a sua terceira parente no primeiro escalão, pouco após determinar reajuste salarial dele mesmo e de outros ocupantes de cargos de confiança em torno de 10%.

A filha de Lucena, Maria Janine Assis de Lucena, foi indicada para a secretaria-executiva da Saúde e vai gerenciar, agora, a maior fatia do orçamento da capital paraibana: 860 milhões de reais (o orçamento da cidade é de 3,2 bilhões).

Antes dela, no começo da gestão, Lucena já havia indicado sua mulher, Lauremilia Lucena, para responder pela chefia de seu gabinete, e a cunhada América de Castro para o cargo de secretária da Educação, segundo maior orçamento da cidade (607 milhões de reais).

Lucena argumenta que as contratações não podem ser enquadradas como nepotismo tendo como base um entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) que não impede o emprego de parentes para cargos de secretários. 

CURTA NOSSA FANPAGE E PERFIL NO INSTAGRAM

https://www.instagram.com/afolhadascidades

https://www.facebook.com/afolhadascidades/

segunda-feira, 11 de abril de 2022

MP Eleitoral na Paraíba representa pré-candidato por propaganda antecipada

                         O Ministério Público Eleitoral na Paraíba ajuizou representação, com pedido liminar, por propaganda irregular do pré-candidato agente da Polícia Federal Caio Márcio Ângelo de Sousa, conhecido como “Caio da Federal”. O motivo da representação eleitoral foi a prática de condutas vedadas consistentes na distribuição de camisas, propaganda mediante outdoors e uso de símbolos, expressão, sigla e imagens com associação direta à Polícia Federal.

O MP Eleitoral pediu a aplicação de multa no patamar máximo, em razão da quantidade, reiteração e gravidade das condutas ilícitas praticadas pelo pré-candidato. A representação foi apresentada na terça-feira (5) e teve o pedido liminar deferido nesta quinta-feira (7), em decisão monocrática proferida pelo juiz eleitoral José Ferreira Ramos Júnior, relator do caso.

Na decisão, o juiz eleitoral determinou a retirada de todos os outdoors no prazo de 24 horas, sob pena de multa diária no valor de R$ 1 mil, por outdoor, em caso descumprimento. Determinou também que o pré-candidato representado se abstenha de utilizar em sua pré-campanha eleitoral variação nominal que se refira à Polícia Federal, além de símbolo, imagem, slogan ou expressão que o vincule à referida instituição pública, sob pena de infringir o artigo 40 da Lei nº 9.504/97.

O caso começou a ser investigado pelo MP Eleitoral em 21 de janeiro deste ano, a partir de informe de que o representado, na condição de pré-candidato a deputado federal, teria distribuído camisetas em Cabedelo (PB) e divulgado a distribuição nos stories do próprio perfil, na rede social Instagram, além de ter divulgado outras imagens com indicação de adesivos com o slogan que associava a campanha à Polícia Federal. Durante a apuração, foram coletadas provas que demonstram de modo inconteste a prática das condutas vedadas, pelas quais o pré-candidato foi representado perante a Justiça Eleitoral.

CURTA NOSSA FANPAGE E PERFIL NO INSTAGRAM

https://www.instagram.com/afolhadascidades

https://www.facebook.com/afolhadascidades/

quinta-feira, 10 de março de 2022

Patos (PB) anuncia São João com Gustavo Lima, Xand, Safadão e Matheus e Kauan

                        A Prefeitura de Patos, Sertão da Paraíba, divulgou na manhã desta quinta-feira (10), a programação oficial do São João 2022 que acontece entre os dias 20 e 24 de junho no Terreiro do Forró. O anúncio foi feito durante evento no auditório do Patos Shopping pelo prefeito Nabor Wanderley, lembrando que após três anos sem ter o São João, ele tem a oportunidade de trazer de volta o festival cultural.

Entre as atrações já confirmadas estão: Gusttavo Lima, Xand Avião, Jonas Esticado, Felipe Amorim, Zé Cantor, Eric Land, Henry Freitas, Nattan, Luan Estilizado, Raí Saia Rodada, Zé Vaqueiro, Bruno e Marrone, Wesley Safadão, Matheus e Kauan.

A programação também conta com as atrações locais que são: Ítalo e Forró das Antigas, Sanara Show, Gustavinho Sanfoneiro, Teinha do Forró, Isabella Fernandes, Markito do Forró, As Meninas, Rafael Dono, Luan Gaiato, Cicinho Lima, Padu Frajolaz, Hudshow, Pedro Carpelli, Matheus Leitte e Zé Nilton.

A empresa que venceu a licitação, na modalidade pregão presencial, foi a Coollabcreative, da cidade de Campina Grande. Para a organização geral do evento, a empresa terá o valor de R$ 1 milhão e 970 mil.

O contrato prevê a instalação de um palco, 120 camarotes, um front stage, oito stands; além de 165 banheiros químicos, sendo 15 para portadores de deficiência. O edital prevê ainda a contratação de 70 seguranças e 50 pessoas para apoio logístico ao evento.

O São João de Patos não é realizado há três anos, sendo o último em 2018. No ano de 2019 a programação chegou a ser divulgada, porém o evento foi cancelado devido a falta de recursos, já em 2020 e 2021 foi cancelado por causa da pandemia.

CURTA NOSSA FANPAGE E PERFIL NO INSTAGRAM

https://www.instagram.com/afolhadascidades

https://www.facebook.com/afolhadascidades/

Prefeito de Campina Grande diz que não pode ser responsabilizado por “cheirinho” de sogra

                        O prefeito de Campina Grande (PB), Bruno Cunha Lima (Solidariedade), afirmou que viveu “alguns dos piores” dias de sua vida, após o vazamento de um vídeo com duas mulheres cheirando cocaína. Uma delas é mãe de Juliana Cunha Lima, esposa do chefe do executivo municipal.

Flagrada cheirando pó nas nádegas de uma acompanhante, a sogra do prefeito de Campina Grande, Soraya Brito, se apresentava como “cidadã de bem”, conservadora, religiosa, defensora da moral e bons costumes, amiga de Michelle Bolsonaro e da Ministra Damares. O prefeito também disse que a esposa não convive com a própria mãe há dez anos.

“Você e eu não podemos ser responsabilizados pelas escolhas e atitudes de ninguém, nem mesmo de um pai, de uma mãe, de um filho (maior de idade) e, muito menos, de um sogro ou sogra”, disse o prefeito no Instagram. “Nada disso, no entanto, nos surpreende. Não surpreende, mas entristece”.

“Vi minha esposa com seis semanas de gravidez chorar duplamente – chorar por não ter a convivência da mãe há mais de 10 anos e chorar por ver a mãe em uma situação tão delicada”.

O vídeo envolve uma família conservadora, das mais tradicionais da Paraíba. Tanto Bruna Cunha Lima como sua esposa são bolsonaristas.

CURTA NOSSA FANPAGE E PERFIL NO INSTAGRAM

https://www.instagram.com/afolhadascidades

https://www.facebook.com/afolhadascidades/

quarta-feira, 2 de março de 2022

Vídeo da sogra de prefeito de Campina Grande provoca “frisson” na Paraíba


Por Ricardo Antunes — Um vídeo onde a sogra do prefeito de Campina Grande, Soraya Brito, aparece em um motel cheirando cocaína explodiu como uma bomba na Paraíba essa manhã. Soraya Brito é a mãe de Juliana Cunha Lima, casada com o prefeito Bruno Cunha Lima (Solidariedade).

Bruno Cunha Lima é sobrinho do ex-governador Cássio Cunha Lima, que foi um dos líderes nacionais do PSDB. O ex-senador vai lançar seu filho, o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB), como candidato ao governo do Estado.

A gravação está sendo muito comentada nas redes sociais, e a hashtag #fofocadecampina é uma das mais citadas na região.

Ninguém sabe a autoria do vídeo. O blog confirmou sua autenticidade, mas não  exibiu o mesmo na íntegra. 

CURTA NOSSA FANPAGE E PERFIL NO INSTAGRAM

https://www.instagram.com/afolhadascidades

https://www.facebook.com/afolhadascidades/

terça-feira, 16 de novembro de 2021

Prefeito de Santa Terezinha (PB) proíbe shows e impõe toque de recolher após alta da Covid-19

                       Apesar do cenário aparentemente controlado da pandemia da Covid-19, o município de Santa Terezinha, no Sertão paraibano, próxima a Patos, acendeu o ‘sinal amarelo’ das autoridades.

Em um novo decreto, em vigor desde ontem (10) até o dia 20 de novembro, o prefeito José Arimatéia resolveu recuar na flexibilização e adotar medidas restritivas como a proibição da realização de shows e atividades presenciais.

Segundo o Jornal da paraíba, o prefeito também estabeleceu toque de recolher na cidade, no período das 23h às 5h. Fora desse horário, a  população só pode sair de casa para atividades essenciais.

As suspensões das atividades também atingem os campos de futebol, escolinhas de futebol, as quadras ou ginásios de esportes, situadas na zona urbana e rural; o funcionamento de circos, casas de festas, eventos em área de lazer; além da realizações de eventos sociais, congressos, seminários, conferências, shows artísticos, feiras comerciais, feiras livres e similares, em todo o território municipal.

Ao determinar as medidas restritivas, o prefeito ponderou que houve um agravamento do cenário epidemiológico nos últimos dias na cidade, que, mesmo com o avanço da vacina, está com 48 casos ativos de contaminação pela Covid-19. “É dever do Poder Público municipal adotar medidas para contenção do avanço da disseminação da Covid-19″, destaca o gestor. Pelo menos dez pessoas morreram nas últimas horas. 

CURTA NOSSA FANPAGE E PERFIL NO INSTAGRAM

https://www.instagram.com/afolhadascidades/

https://www.facebook.com/afolhadascidades/

quarta-feira, 20 de outubro de 2021

Campina Grande abre concursos com 898 vagas e salários de até R$ 4,5 mil

                       Com 848 vagas, a Prefeitura de Campina Grande, na Paraíba, está com inscrições abertas para diversos cargos: agente e técnico administrativos; administrador; assistente jurídico; arquiteto; enfermeiro; fisioterapeuta; nutricionista; psicólogo; professor; médico, entre outros. Os salários variam entre R$ 1,1 mil e podem chegar a até R$ 4,5 mil, a depender do cargo. 

Em outro edital, também para o mesmo município, há 50 vagas para compor a Guarda Municipal. Dependendo do cargo pleiteado, a exigência de formação varia entre ensinos médio e superior completos. 

Os interessados em realizar o certame devem acessar o site do Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan) até às 23h59 do dia 15 de novembro de 2021.

As taxas de R$ 75 e R$ 95 deverão ser pagas até 24 horas após a emissão do boleto no ato da inscrição. As provas serão realizadas no dia 19 de dezembro em Campina Grande. Os concursos têm validade de um ano, podendo ser prorrogado por mais um.

Durante a realização dos certames, o Idecan seguirá rígidos protocolos de segurança sanitária para evitar o contágio da Covid-19, com desinfecção dos ambientes; medidas de higiene como pulverização de álcool 70%; aferição de temperatura corporal; uso obrigatório de máscara de proteção facial e distanciamento entre as pessoas. 

Salas, banheiros e demais espaços terão suas capacidades de lotação reduzidas. Fiscais e profissionais que trabalharão na aplicação das provas passam por constantes treinamentos para orientar os candidatos a seguirem as medidas adotadas pela banca. 

CURTA NOSSA FANPAGE E PERFIL NO INSTAGRAM

https://www.instagram.com/afolhadascidades/

https://www.facebook.com/afolhadascidades/

segunda-feira, 18 de outubro de 2021

Caso Alph: 'namorada' e amigo são acusados por morte de estudante arcoverdense da UFPB

                      A Justiça da Paraíba determinou a prisão preventiva de duas pessoas pelo assassinato do estudante de filosofia Clayton Tomaz de Souza, mais conhecido como Alph, que é natural de Arcoverde. Os acusados são Selena Samara Gomes da Silva, que teria um relacionamento amoroso com Alph, e Abraão Avelino da Fonseca, que seria amigo da vítima. A informação é do G1PB que teve acesso à decisão da juíza Andréa Carla Mendes Galdino na quarta-feira (13). Os dois acusados estão foragidos.

O corpo de Alph foi encontrado no dia 8 de fevereiro de 2020, em estado de decomposição, com marcas de tiros, em uma mata às margens de uma estrada em Gramame. De acordo com o IPC, a vítima sofreu disparos na cabeça.

A defesa de Selena disse ao G1PB que a cliente é inocente e que "no momento oportuno, durante a instrução processual, os fatos serão esclarecidos". Já a defesa de Abraão informou que "no momento não tem nada a declarar sobre o caso", e que só vai fazer isso no fim da instrução processual.

De acordo com a decisão, que saiu em junho, o pedido de prisão veio após análise de provas periciais e depoimentos coletados. A motivação do crime, segundo os autos, tem relação com o relacionamento amoroso, pois Selena Samara também se relacionava com Abraão Avelino. O segundo acusado é suspeito de ter relação com o tráfico de drogas. Os dois estariam desaparecidos e sendo procurados pela justiça. Nas redes sociais, estudantes da UFPB compartilham um card de "procurados" com as imagens dos dois. 

Conforme o processo, Selena e Abraão mataram Alph e em seguida descartaram o corpo na estrada que dá acesso à praia de Gramame.

De acordo com o delegado Alexandre Fernandes, que investigou o caso, depoimentos apontaram que Alph foi visto pela última vez com os dois acusados. Ele informou que o carro de Selena ficou desaparecido por um período e só apareceu 10 dias após terem localizado o corpo.

O veículo foi abandonado nas proximidades da casa da acusada e tinha sido lavado. No entanto, a perícia encontrou vestígios de sangue no porta-malas.

Na época do crime, estudantes da UFPB denunciaram o suposto desaparecimento de Selena, dita por alguns como companheira de Alph. No entanto, o delegado Alexandre Fernandes confirmou a ligação entre os estudantes, mas não que os dois eram um casal. Já a família de Alph, negou que eles tivessem um relacionamento.

Em setembro, as defesas dos dois acusados tentaram derrubar o pedido de prisão preventiva, mas a Justiça não atendeu nenhuma das solicitações. A juíza inclusive marcou a audiência de instrução e julgamento para o dia 16 de novembro.

Ao G1PB, a mãe de Alph, Genoveva Tomaz de Sousa, informou que não tinha conhecimento da decisão até então e preferiu não se posicionar sobre o caso. Ela não confirma a relação amorosa entre Alph e Selena, nem a suposta amizade entre seu filho e o outro suspeito do assassinato, Abraão.

O CASO

Natural de Arcoverde, interior de Pernambuco, Clayton morava em João Pessoa desde 2014, quando foi aprovado no curso de filosofia na Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Estudante ativo, integrou o Centro Acadêmico do curso por três anos, assim como o Diretório Central dos Estudantes (DCE), o Conselho Superior Universitário (Consuni) e a comissão da revisão estatutária da UFPB (Estatuinte) pelo CCHLA (Centro de Ciências Humanas Letras e Artes).

Alph era conhecido por sua essência de luta, que reivindicava a universidade como um espaço público, popular e cultural, exigindo uma mudança na política de segurança da UFPB. Com isso, ele começou a relatar perseguições, assim como denunciá-las de várias formas.

As denúncias começaram em 2016 e foram encaminhadas ao Ministério Público Federal. No dossiê, foram relatadas violências físicas, psicológicas, racistas, de gênero e sexualidade cometidas por parte de funcionários terceirizados e servidores da UFPB contra alunos da universidade, incluindo Alph.

O jovem falava sobre perseguições constantes dentro da universidade e chegou a publicar nas redes sociais denúncias sobre a equipe de segurança da UFPB. Em uma das publicações, citou que estava sendo ameaçado por um dos seguranças terceirizados da universidade. Do G1PB

CURTA NOSSA FANPAGE E PERFIL NO INSTAGRAM

https://www.instagram.com/afolhadascidades/

https://www.facebook.com/afolhadascidades/

quinta-feira, 30 de setembro de 2021

Geólogo afirma que falha geológica entre Arcoverde e Caruaru é causa de tremores.

                       Um tremor de terra de magnitude de 2.0 foi registrado nesta terça-feira (28) em Jataúba e Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco. As informações provocam um certo pânico na região, já que tais registros são raros no Brasil.

Segundo o Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o tremor teve magnitude de 2.0. Nenhuma ocorrência foi registrada por causa do fenômeno.

O Laboratório Sismológico segue monitorando e divulgando toda atividade sísmica que ocorra no estado de Pernambuco e também da região Nordeste do país.

O geólogo monteirense e professor do IFPB Ércison Torres, afirmou que o tremor foi registrado devido a uma falha geológica entre Caruaru e Arcoverde, e que outros tremores podem ocorrer devido essa falha. 

CURTA NOSSA FANPAGE E PERFIL NO INSTAGRAM

https://www.instagram.com/afolhadascidades/

https://www.facebook.com/afolhadascidades/

quarta-feira, 29 de setembro de 2021

Governo abre concurso com 1,4 mil vagas para Polícia Civil da Paraíba

                       Mais um concurso na área da segurança pública está com edital lançado. Nesta quarta-feira (29), o governo da Paraíba divulgou as regras do certame da Polícia Civil do Estado. Ao todo, são ofertadas 1,4 mil vagas — sendo 138 destinadas a pessoas com deficiência — para cargos cujos salários podem passar de R$ 9,9 mil.

As inscrições devem ser feitas online, por meio do site do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), a banca organizadora do concurso, entre os dias 8 de outubro e 11 de novembro de 2021. As taxas de inscrição custam R$ 250 para os cargos de delegado e peritos, e R$ 180 para escrivão, agente, técnico em perícia, papiloscopista e necrotomista.

Poderão pedir isenção da taxa de inscrição, entre os dias 8 e 17 de outubro, as doadoras de leite materno, doadores de sangue, doadores de medula óssea, transplantados e doadores que pertençam a família inscrita no CadÚnico.

A primeira etapa do concurso será composta de provas objetivas e discursivas, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade do Cebraspe. Haverá, ainda, a prova de capacidade física, também de caráter eliminatório, precedida de exames laboratoriais e médicos. A primeira etapa será completada com a avaliação psicológica, avaliação de títulos (Classificatório) e investigação social. Toda a primeira etapa será realizada em João Pessoa ou Campina Grande.

A aplicação das provas objetivas e da prova discursiva estão previstas para os dias 9 e 16 de janeiro de 2022, dividido por cargos. O resultado provisório das provas objetivas deve ser divulgado no dia 11 de fevereiro de 2022.

A segunda etapa do certame será realizada sob a responsabilidade da corporação e compreenderá o curso de formação policial, em João Pessoa. 

CURTA NOSSA FANPAGE E PERFIL NO INSTAGRAM

https://www.instagram.com/afolhadascidades/

https://www.facebook.com/afolhadascidades/

terça-feira, 17 de agosto de 2021

Paraíba: Governador anuncia perdão das dívidas de IPVA dos últimos cinco anos para donos de motos

                         Quem está com o documento de emplacamento de moto atrasado terá o débito perdoado na Paraíba. O governador João Azevêdo anunciou, na segunda-feira (16), em entrevista ao programa Conversa com o Governador, que haverá anistia das dívidas dos anos de 2016, 2017, 2018, 2019 e 2020 para mais de 284 mil motos de 162 cilindradas em todo o Estado.

“Estou assinando e encaminhando para a Assembleia Legislativa da Paraíba, um projeto de lei que prevê a anistia dos débitos para os anos de 2016, 2017, 2018, 2019 e 2020 para motos de até 162 cilindradas. Isso atinge mais de 280 mil motos na Paraíba que estão com esses débitos em atraso”, explicou.

“Para ter direito a essa anistia tem que fazer o emplacamento de 2021, que iremos parcelar em até 3 vezes, e quem fizer o pagamento em cota única terá desconto de 10%, e a primeira parcela vai ser levada até 31 de outubro”, destacou.

O gestor disse que está sendo feita a renúncia de arrecadações de IPVA, taxa de bombeiro, licenciamento, taxa de depósito, entre outros impostos. “Esse é um valor muito alto de renúncia. Estamos dando a oportunidade das pessoas poderem usar suas motos quites de dívidas”, avaliou. 

CURTA NOSSA FANPAGE E PERFIL NO INSTAGRAM

https://www.instagram.com/afolhadascidades/

https://www.facebook.com/afolhadascidades

segunda-feira, 15 de março de 2021

Ouro Velho (PB) consegue mais de R$ 7 milhões em emendas para 2021

                      Segundo o blog Cariri em Ação, o prefeito de Ouro Velho-PB, Dr. Augusto Valadares (DEM) e a ex-prefeita Natália Lira (DEM) comemoraram as emendas parlamentares destinadas pelo Deputado Federal Efraim Filho, atual líder do DEM no congresso nacional, para o município.

De acordo com o levantamento feito pelo blog, o município de Ouro Velho irá receber, apenas de recursos federais, neste ano de 2021, o valor de R$ 7,3 milhões de reais.

Destaque para as obras de Construção de Creche, Matadouro Público, Posto de Saúde, Quadra Poliesportiva, Ginásio Esportivo, Calçamentos e Praças, aquisição de veículos (Van e Trator), e do abastecimento de água na zona rural.

“Estamos muito felizes com a compromisso do Deputado Federal Efraim Filho em ajudar Ouro Velho com tantos investimentos”, disse o coordenador geral do município e médico Dr. Júnior ao Cariri em Ação. Os recursos foram conquistados nos últimos dias na gestão da ex-prefeita e serão disponibilizados no orçamento de 2021.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Senador e ex-governador da Paraíba, José Maranhão morre aos 87 anos

                     O senador e ex-governador paraibano José Maranhão (MDB) morreu na noite desta segunda-feira (8) no Hospital Vila Nova Star, de São Paulo, vítima de complicações da Covid-19. Ele era o senador mais velho da atual legislatura e estava internado desde 29 de novembro de 2020, dia de segundo turno nas eleições municipais, quando passou mal pouco depois de votar no candidato que ele apoiava. Ficou num hospital de João Pessoa até o dia 3 de dezembro e nessa data foi transferido para a capital paulista.

Ao longo da internação, ele teve diversas mudanças em seu quadro clínico. Chegou a ser entubado e extubado várias vezes, mas sempre na UTI. Mas, nos últimos dias, seu quadro clínico havia piorado. A informação de sua morte foi confirmada por familiares.

Depois, a assessoria de imprensa do parlamentar emitiu nota. Confirmou a informação da morte e disse que o corpo dele vai ser trasladado para a Paraíba, para ser velado e sepultado em sua terra natal, Araruna.

Oficialmente, o horário da morte foi 21h15, segundo divulgado pela equipe médica do hospital. A nota é assinada pelos seis médicos da unidade hospitalar que vinham acompanhando o caso

José Targino Maranhão nasceu em Araruna, no Agreste paraibano, em 6 de setembro de 1933, filho de Benjamim Gomes Maranhão, ex-prefeito de Araruna, e de Benedita Targino Maranhão (Dona Yayá). Começou a carreira política ainda jovem, com 22 anos, quando, em 1955, assumiu pela primeira vez o cargo de deputado estadual da Paraíba pelo PTB, partido que ficou até 1967, quando mudou para o MDB. Ocupou o posto por quatro mandatos consecutivos e saiu em 1969, no período da Ditadura Militar, quando foi cassado e perdeu os direitos políticos.

Em 2014, foi eleito senador e se licenciou para tentar o cargo de governador, em 2018, mas ficou em terceiro lugar. Voltou para o cargo de senador e tinha mandato até 2022. Por causa do tratamento para Covid-19, precisou se licenciar em janeiro deste ano e foi substituído pela suplente Nilda Gondim, que agora assume o cargo em definitivo.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

Deputado paraibano João Henrique morre por complicações da Covid-19

                     O deputado estadual paraibano João Henrique (PSDB) morreu, hoje, aos 77 anos, vítima da Covid-19. O parlamentar estava internado desde o dia 7 de dezembro, em hospital particular de São Paulo.

A informação da morte de João Henrique foi confirmada pelo filho Michel Henrique. Segundo ele, a família estava toda em São Paulo acompanhando a internação do pai. “Estivemos com ele até o último suspiro, ele como sempre, foi um guerreiro”, disse Michel Henrique.

De acordo com a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), a situação de João Henrique se agravou devido a diabetes. A ALPB declarou luto oficial de sete dias e informou que o velório de João Henrique vai ocorrer na sede legislativa, mas ainda não há previsão de quando o corpo do parlamentar vai chegar na Paraíba.

João Henrique deixa a esposa Edna Henrique, deputada federal (PSDB), filhos e netos. João, Edna e a filha Micheila testaram positivo para Covid-19 juntos, em novembro de 2020.

Micheila ficou em segundo lugar nas Eleições 2020 para a prefeitura de Monteiro, com 42,07% dos votos válidos. Os pais da candidata participaram da campanha e anunciaram que estava com Covid-19 dias depois do fim das eleições, alertando aos que tiveram contato direto com eles.

Oficial reformado da Polícia Militar, João Henrique é natural do município de Monteiro, no Cariri da Paraíba. Formado em Direito, o deputado já atuou como juiz eleitoral no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB) e delegado de homicídios de João Pessoa. O deputado estava no seu quarto mandato na Assembleia Legislativa da Paraíba desde 2018.

Em nota, a Prefeitura de Monteiro lamentou a partida do deputado João Henrique. “Neste momento de consternação, a Prefeitura de Monteiro, assim como a população se solidariza aos amigos, equipe de trabalho e familiares enlutados do deputado João Henrique. Pedimos a Deus que os conforte”, disse a prefeita Anna Lorena.

Nas redes sociais, Edna Henrique lamentou a morte do companheiro: "A Paraíba se despede do deputado, mas eu me despeço do meu amor, do homem com quem eu dividi a minha vida, meus filhos se despedem do pai, meus netos do avô", declarou. O governador João Azevêdo (Cidadania) e o prefeito Cícero Lucena (Progressistas) também lamentaram a morte do deputado.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2020

Paraíba: Irmão do ex-governador Ricardo Coutinho volta a ser preso na Operação Calvário

                 Coriolano Coutinho, irmão do ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB), voltou a ser preso preventivamente na 10ª fase da Operação Calvário, realizada nesta quarta-feira (9) em João Pessoa e Bananeiras. Segundo a Controladoria-Geral da União (CGU), Coriolano teria violado as regras das medidas cautelares relativas ao uso da tornozeleira eletrônica.

Conforme a CGU, Coriolano voltou a ser preso pois teria violado várias medidas, como sair do local permitido para reclusão em horários não permitidos e deixar o aparelho se desligar e não carregar a bateria.

Coriolano havia sido preso na sétima fase da Operação Calvário, chamada de Juízo Final, no dia 17 de dezembro de 2019. Ele é acusado de fazer parte do núcleo financeiro operacional do esquema criminoso e estava cumprindo medidas cautelares desde fevereiro deste ano.

O mandado de prisão preventiva foi cumprido no apartamento do investigado no bairro do Bessa, em João Pessoa, onde também foram apreendidos documentos. Uma chácara de Coriolano em Bananeiras também foi alvo de mandado de busca e apreensão.

A 10ª fase da Calvário tem como objetivo reunir mais informações, unindo a provas adquiridas em fases anteriores, principalmente em relação ao crime de lavagem de dinheiro e ocultação patrimonial. A ação é organizada pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público da Paraíba (MPPB) junto com a Polícia Federal e a CGU.

A Calvário investiga uma suposta organização criminosa suspeita de desvio de R$ 134,2 milhões de serviços de saúde e educação. O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), também é investigado na mesma operação, porém não foi alvo de nenhum mandado nesta fase da Calvário.

Os levantamentos apontaram que, no período de 2011 a 2019, somente em favor das Organizações Sociais (OS) contratadas para gerir os serviços essenciais da Saúde e da Educação, que integram as investigações de todas as fase da Operação Calvário, o Governo da Paraíba empenhou 2,4 bilhões de reais, tendo pago mais de R$ 2,1 bilhões, dos quais estima-se um dano ao erário de mais de R$ 134 milhões.

De acordo com a investigação, as OSs direcionavam os gastos de hospitais para determinados fornecedores, que, posteriormente, repassavam parte do valor a agentes públicos. Na mesma operação já houve buscas e apreensões em dezembro de 2019, ocasião em que o STJ determinou o afastamento do cargo de dois conselheiros do TCE-PB. G1PB

segunda-feira, 7 de dezembro de 2020

STJ libera Ricardo Coutinho de recolhimento domiciliar em feriados e fins de semana

                  O ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, foi liberado do recolhimento domiciliar em feriados e fins de semana. A decisão foi tomada durante sessão virtual realizada pela sexta turma no Superior Tribunal de Justiça (STJ), nesta segunda-feira (7).

A medida foi aprovada por unanimidade, com um total de cinco votos. Em outubro deste ano, enquanto estava candidato à prefeitura de João Pessoa, ele foi liberado apenas do recolhimento noturno e conseguiu participar das atividades de campanha.

Para a ministra Laurita Vaz, relatora do habeas corpus, manter as restrições nos feriados e fins de semana não fazia sentido, já que o recolhimento noturno já havia sido dispensado.

"Em outro procedimento, foi afastada a necessidade de recolhimento noturno do paciente. Eu vejo que não se mostra proporcional, nem sequer razoável, a restrição nos finais de semana e feriados. Se não tem necessidade de recolhimento noturno, eu acho que também não se mostra razoável colocar o embargante durante finais de semana e feriados em restrição", destacou a ministra durante a sessão.

O recolhimento domiciliar noturno foi determinado pelo Ricardo Vital de Almeida, relator da Operação Calvário no Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), em fevereiro deste ano. Conforme decisão, o ex-governador deveria ficar no endereço residencial, das 20h até as 5h de cada dia.

A empresária Denise Krummenauer Pahim também foi beneficiada por esta decisão do STJ. Ela é cunhada da irmã do ex-governador, Raquel Vieira Coutinho.

sábado, 5 de dezembro de 2020

MPF defende condenação de ex-prefeito de Teixeira (PB) por desvio na saúde

                    O Ministério Público Federal (MPF) quer manter a condenação do ex-prefeito de Teixeira (PB) Wenceslau Marques, da então secretária municipal de Saúde Maria Expedita Araújo e do empresário Francisco de Assis Tavares, por crime de responsabilidade. Eles foram condenados pela Justiça Federal em 1ª instância por desvio de recursos federais destinados à reforma de unidades de saúde do município.

A pena imposta foi a de cinco anos de prisão em regime semiaberto, proibição para o exercício de cargo ou função pública por igual período e perda do cargo público que porventura estivessem ocupando. Os três recorreram ao Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) para que sejam absolvidos da condenação. Por meio de parecer enviado ao TRF5 o procurador regional da República Fernando José Araújo Ferreira defende que não seja acatado o recurso e que a sentença seja mantida na íntegra. 

O caso - O Ministério da Saúde transferiu para o município, em 2012, R$ 367 mil para a reforma do Centro de Saúde de Teixeira (também conhecido como Hospital Sancho Leite) e da Unidade Básica de Saúde Dr. Esdras Guedes. Porém, apenas 24% dos serviços foram realizados. As apurações demonstraram que Wenceslau Marques e Maria Expedita Araújo desviaram recursos, em favor da empresa F. Líder Construções e Prestadora de Serviços, administrada por Francisco Tavares, o que ocasionou prejuízo aos cofres públicos de quase R$ 280 mil.

Auditoria realizada pelo Departamento Nacional de Auditoria do Sistema Único de Saúde constatou diversas irregularidades na execução dos serviços. Entre elas, estão a inexistência das plantas do projeto básico de arquitetura para definição das obras; pagamentos por serviços não realizados; ausência de fotografias das etapas de reforma nas unidades de saúde; e inexistência do atesto do recebimento dos serviços pelo engenheiro fiscal das obras nas notas fiscais referentes aos pagamentos realizados.

Fernando Ferreira destaca que os recursos eram destinados à aplicação na saúde, em município carente de serviços públicos básicos, e que a não execução das obras ocasionou danos à população.

No pleito deste ano, Wenceslau Marques foi eleito prefeito de Teixeira com 50,09% dos votos. O candidato derrotou Valone Dias, que ficou em segundo lugar com 42,30% dos votos.

segunda-feira, 3 de agosto de 2020

Ricardo Pereira lidera com 44,8% pesquisa em Princesa Isabel


               A pouco mais de três meses para as eleições municipais de 2020, o atual prefeito do município de Princesa Isabel, Ricardo Pereira, do Cidadania, aparece liderando a corrida eleitoral do município, com 44,8% das intenções de voto. 

É o que apontaram os números divulgados no sábado (01.08) pelo Instituto Datavox de Pesquisa, em uma pesquisa estimulada (quando as opções são citadas) realizada em parceria com o portal PB Agora. 

Em segundo lugar aparece Dr. Alan, do DEM, com 20,9%, menos da metade do que o índice alcançado pelo primeiro colocado.

O terceiro nome que mais pontuou na pesquisa foi o de Sidney Filho, do PSDB, que contabilizou 7% das intenções de voto nessa modalidade estimulada.

O número de indecisos atingiu 12,4%. Já os que votariam em branco, ou anulariam o voto, somaram 14,9%. 

A pesquisa Datavox, contratada pelo portal PB Agora, foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral no dia 26 de julho de 2020, sob o protocolo PB-04014/2020 – TSE – TRE. As entrevistas foram realizadas entre os dias 25 e 26 de julho de 2020 e ouviu 402 pessoas com mais de 16 anos em vários bairros da cidade. 

O intervalo de confiança estimado é de 95,0% e a margem de erro máxima estimada é de 4,9% pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados. 

Ricardo Pereira, também lidera a pesquisa eleitoral PB Agora/Datavox na modalidade espontânea (aquela em que o entrevistado diz o nome que vem à mente). 

Ele aparece com 44% das intenções de voto, praticamente o dobro da porcentagem alcançada pelo segundo colocado, Dr Alan (DEM), que atingiu 21,1%. Nessa modalidade, o pré-candidato Sidney Filho (PSDB) também aparece como terceiro colocado, só que com uma porcentagem de 4,7% dos votos dos entrevistados.


domingo, 26 de julho de 2020

Bruno lidera pesquisa de intenção de voto para prefeito de Campina Grande


            O ex-deputado estadual Bruno Cunha Lima (PSD) lidera a pesquisa estimulada Rede Mais/Instituto Opinião, divulgada na última quarta-feira (22) pelo programa Hora H, da Rede Mais, e pelo Portal MaisPB, para a eleição de 2020 em Campina Grande. Quando perguntado entre os quais nomes apresentados o eleitor votaria para prefeito de Campina Grande, se a eleição fosse hoje, Bruno aparece na dianteira com 15,8% dos votos.

O segundo colocado é o deputado estadual e pré-candidato à Prefeitura pelo PCdoB, Inácio Falcão, preferido de 14,3% do universo pesquisado.

A médica Dra. Tatiana, nome apresentado pelo MDB para disputa, surge em terceiro lugar com 10,5%. Ana Cláudia Vital do Rêgo (Podemos), ex-secretária de Desenvolvimento e Articulação Municipal do Governo do Estado, tem 8% das intenções dos votos.

O deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) tem 7% da preferência do eleitorado, se a disputa fosse hoje, seguido do empresário Artur Bolinha (PSL) com 4,3%. Os ex-secretários Fábio Maia (PSB) e Lucas Ribeiro (Progressistas) aparecem empatados com 1,5%, cada.

Branco, nulo ou nenhum são 24,7%. Indecisos ou não sabem somam 12,4%.

Com menos candidatos na disputa, Inácio lidera segundo cenário. O Instituto Opinião estimulou uma simulação, com menos nomes na disputa e sem Dra. Tatiana, Lucas Ribeiro e Fábio Maia.

Nesse cenário, o deputado estadual Inácio Falcão (PCdoB) lidera o levantamento com 19,2%, empatado tecnicamente com o segundo colocado, o ex-deputado estadual Bruno Cunha Lima (PSD), com 18,5%. Ana Cláudia Vital do Rêgo tem 10% (Podemos), Tovar Correia Lima (PSDB) 9,8% e Artur Bolinha 6,3%.

Branco, nulo ou nenhum somam 26,5%. Indecisos e não sabem são 9,7%.

Terceiro cenário simula Pedro Cunha Lima no lugar de Tovar. O deputado Inácio Falcão (PCdoB) também lidera, segundo a pesquisa Rede Mais/Instituto Opinião, em um cenário onde o deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) é substituído pelo deputado federal Pedro Cunha Lima, também do PSDB.

Nessa terceira simulação, Inácio aparece com 20,7% das intenções de votos, seguido por Bruno Cunha Lima, 17,8%. Ana Cláudia Vital do Rêgo (Podemos) e Pedro Cunha Lima em empatam em 10% e Arthur Bolinha (PSL) aparece com 5% das intenções de voto.

Branco, nulo ou nenhum são 27,2% do eleitorado campinense. Indecisos e não sabem somam 9,3%.

Dados técnicos – Registrado no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba sob o número de protocolo PB 03081/2020, o levantamento foi realizado nos últimos dias 14 e 15 de julho e ouviu 600 eleitores em 38 bairros da zona rural e três distritos. O intervalo de confiança estimado é de 95,0% e a margem de erro máxima estimado é de 4,0 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total de amostra.