quinta-feira, 11 de julho de 2019

Seis deputados pernambucanos votam contrários aos professores


      A Emenda que protegia os professores na Reforma da Previdência foi rejeitada por 06, dos 22 deputados federais de Pernambuco que votaram o destaque ontem à noite. Foram 184 votos contrários e 265 favoráveis ao destaque, que precisava de 308 votos para ser aprovado. Esse foi o único destaque votado até agora após a aprovação do texto-base. Veja como votou cada deputado.

A emenda retirava os professores da reforma, mantendo as atuais regras de aposentadoria da categoria. Proposta pelo deputado Wellington Roberto (PL-PB), a emenda pedia que os professores continuassem sem idade mínima para se aposentar.

De acordo com as regras atuais, essa categoria precisa contribuir por 25 anos no caso das mulheres e por 30 anos no caso dos homens para se aposentar.

O texto da reforma, contudo, exige, além desse tempo de contribuição, a idade mínima de 57 anos (mulheres) e 60 anos (homens) dos professores. Um grupo de manifestantes chegou até a protestar contra esse ponto da PEC antes da votação.

Veja como cada deputado pernambucano votou:

Contra os professores:

André de Paula PSD 
André Ferreira PSC 
Fernando Coelho Filho DEM 
Ossesio Silva PRB
Pastor Eurico Patriota
Raul Henry MDB

A favor dos professores:

Carlos Veras PT 
Daniel Coelho CIDADANIA
Danilo Cabral PSB 
Eduardo da Fonte PP 
Felipe Carreras PSB 
Fernando Monteiro PP
Fernando Rodolfo PL 
Gonzaga Patriota PSB
João H. Campos PSB 
Marília Arraes PT 
Renildo Calheiros PCdoB 
Ricardo Teobaldo Podemos 
Sebastião Oliveira PL 
Tadeu Alencar PSB 
Túlio Gadêlha PDT 
Wolney Queiroz PDT 

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search