quarta-feira, 13 de março de 2019

Assassinos eram ex-alunos de escola de Suzano


            Os dois assassinos que mataram nesta quarta-feira (13) oito pessoas em Suzano (SP) eram ex-alunos da Escola Estadual Raul Brasil, alvo do ataque, disse o secretário de Segurança Pública de São Paulo, João Camilo Pires de Campos. De acordo com ele, os cinco alunos assassinados tinham entre 15 e 17 anos de idade. Também foram mortos duas funcionárias do colégio e o proprietário de uma loja próximo ao local. Segundo o secretário, ainda não se sabe a motivação do crime.

Os assassinos são Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Henrique de Castro, de 25 anos. Monteiro deixou a escola no ano passado após "problemas". O secretário não foi claro se ele foi expulso ou se saiu por conta própria.

Um dos dois assassinos que promoveram massacre da Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP), que deixou dez pessoas mortas nesta quarta-feira (13), publicou no Facebook, minutos antes do ataque, fotos com uma máscara de caveira e com uma arma.

Em post feito às 9h34, Guilherme Taucci de Monteiro, de 17 anos, postou cerca de 20 fotos na rede social em que aparece fazendo gestos obscenos, segurando um revólver e usando no rosto um lenço com um desenho de caveira — item semelhante foi encontrado no local do crime.

Guilherme e Henrique Castro, de 25 anos, mataram oito pessoas e em seguida cometeram suicídio. Eles eram ex-alunos da escola estadual Raul Brasil, segundo informou o secretário de Segurança Pública de São Paulo, João Camilo Pires de Campos. Outras oito pessoas ficaram feridas.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search