sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

Pedra: Presidente de Sindicato confirma que prefeitura só pagou a professores, sob pressão e ação do MP


         Após notícia veiculada sobre o atraso de salários no município da Pedra, a representante do Sindicato dos Servidores, Valéria Lima, esclareceu a pouco que graças a pressão e a categoria ter acionado o Ministério Público de Pernambuco, através da promotoria da Pedra, o prefeito Osório Filho (PSB) pagou os salários de dezembro dos professores da rede municipal de ensino. Segundo ela, os demais servidores da própria educação e demais secretarias continuam sem datas para receberem.

Segundo Valéria, ao saber que os recursos do Fundeb já se encontravam na conta da prefeitura, a categoria acionou o Ministério Público aonde oficializaram o atraso e anexaram o extrato dos repasses do Governo Federal para a prefeitura da Pedra. “O MP tem tomado excelente iniciativa referente aos salários, tanto que os aposentados receberam novembro após uma reunião do MP com o prefeito”, disse Valéria.

De acordo com a sindicalista, graças a ação do Sindicato dos Servidores e do Ministério Público o prefeito não dividiu o pagamento dos salários de novembro dos aposentados e também o pagamento de dezembro após o dia 10. “Os professores se manifestaram não por ser opositores e sim por buscar seus direitos e gestão ver isso como ‘minoria de servidor opositor’.

Em nota em sua fanpage, o sindicato se posiciona sobre a questão e lamenta a falta de apoio da categoria, mas comemora que é graças a ação do Sinsempe que os professores receberam e os servidores e aposentados não vem perdendo tanto:


O sindicato já tomou as providencias cabíveis, não se faz manifestação sem a classe e infelizmente muitos estão na sua zona de conforto e não querem sair dela.


Nosso trabalho esta sendo feito e não é de hoje, buscamos fazer tudo com responsabilidade e seguindo o estatuto. Esse fato já vem ocorrendo pela segunda vez consecutiva e os aposentados receberam por conta do sindicato correr atrás junto ao MP, pra q não ocorresse o mesmo fato do ano passado, que dividiram o salário do mês de novembro em parcela dos mesmos. Este ano receberam o mês de novembro. Fazemos nossa parte!

Por outro lado, alguns fornecedores se manifestaram também sobre atraso de pagamentos. Um empresário que aluga equipamentos de palco e som (Gerivaldo Sobral) disse que “além de tá atrasado os salários dos funcionários, os prestadores de serviços estão com mais de seis (06) meses sem receber” pelos seus trabalhos.

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search