quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

Genro de Léo Pinheiro assume Presidência da Caixa Econômica Federal


         Como O Antagonista revelou ainda em novembro passado quando de sua indicação, o financista Pedro Duarte Guimarães, escolhido por Paulo Guedes, que assumiu a presidência da Caixa Econômica Federal, é genro do ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro – preso pela Lava Jato.

Guimarães é sócio-diretor do Banco Brasil Plural, fundado por Rodolfo Riechert e citado pelo delator Lúcio Funaro em operações estranhas envolvendo o Fundo Garantidor de Crédito (FGC). Ele é casado com Manuella Pinheiro Guimarães, filha de José Adelmário Pinheiro Filho, o Léo Pinheiro da OAS. Além de casados, Pedro e Manuella são sócios na Dalty Assessoria Financeira, aberta em 2010 no apartamento do próprio Léo Pinheiro e depois transferida de endereço.

Léo Pinheiro foi condenado inicialmente a 10 anos e 8 meses de prisão, já que não queria delatar o ex-presidente Lula como “dono do tríplex”. Após assumir o papel de delator e “afirmar” que o apartamento era de Lula, o empresário teve sua pena reduzida pelo presidente do TRF4, João Pedro Gebran Neto, para apenas 3 anos e 6 meses de reclusão em regime semi-aberto e ao pagamento de uma multa de apenas R$ 235 mil.

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search