quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Em Brumadinho, Luisa Mell é ameaçada de prisão


            A atriz Luisa Mell está travando uma verdadeira batalha na cidade de Brumadinho para resgatar o maior número possível de animais acometidos pela tragédia que varreu a cidade na última sexta (25). Através de suas redes sociais, a ativista denunciou que alguns animais foram abatidos a tiros pela Polícia Federal, e, indignada, revelou até que foi ameaçada de prisão.

Ao saber da situação na cidade mineira, Luisa se dirigiu para lá para intervir no socorro aos animais, muitos atolados em regiões de difícil acesso. Na última segunda (28) e nesta terça (29), a ativista denunciou que, por ordem da Defesa Civil de Minas Gerais, a Polícia Federal teria disparado tiros, durante um vôo de helicóptero nas regiões mais críticas, para abater alguns dos animais.

Revoltada, Luisa fez várias publicações alegando que existem outras maneiras de abreviar o sofrimento dos animais e exigiu acompanhar a operação no helicóptero, tendo seu pedido negado. "Eu sei que vários animais terão que ser eutanasiados, mas isso não é eutanásia, é assassinato", disse indo às lágrimas.

Em seguida, a ativista compartilhou com os seguidores que teria sido ameaçada de prisão caso chegasse perto de um dos animais que precisava de resgate pois estaria atrapalhando. Mas, após a chegada do IBAMA na cidade, ela finalmente foi autorizada a embarcar no helicóptero para mapear a situação dos animais e evitar uma nova ação com tiros.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search