sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Arcebispo de Olinda e Recife critica flexibilização da posse de armas


          O arcebispo da Arquidiocese de Olinda e Recife (AOR), dom Fernando Saburido, criticou o decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro que flexibiliza a posse de armas no Brasil em carta divulgada nessa quinta-feira (17). 

No texto, intitulado "A Paz é fruto da justiça", o sacerdote cita passagens bíblicas para falar à sociedade sobre a medida. Ele ainda se mostrou contrário à redução da maioridade penal de 18 para 16 anos.

Dom Fernando inicia a carta afirmando que, em consciência, sente-se obrigado a se posicionar publicamente contra as medidas do governo. "Quero lembrar às pessoas que se consideram cristãs a palavra de Jesus dirigida ao Apóstolo Pedro no Horto das Oliveiras: 'Guarda a tua espada (a tua arma). Pois todos os que usam a espada, pela espada morrerão' (Mt 26,52)", citou. Ele completa citando outro ensinamento de Cristo. "Conforme Jesus nos ensina, 'bem-aventurados os que promovem a paz porque serão chamados filhos de Deus' (Mt 5,9)", acrescentou.

Saburido afirmou que disseminar armas entre os cidadãos não deverá diminuir a violência. "Ao contrário, ainda mais a agravará, basta ver o exemplo de outros países. As empresas fabricantes de armas é que ganharão com essas medidas". Em contrapartida, ele recomenda investir em educação e cultura, principalmente para crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade. "Qualquer nação que se preza sabe, perfeitamente, que somente um povo bem educado poderá evoluir individual e comunitariamente, sem esquecer a educação da fé. É o único caminho a trilhar para garantir um Brasil melhor, próspero e pacífico", alertou.

Por fim, dom Fernando pede aos membros da AOR - entre padres, religiosos, religiosas e leigos - que saibam discernir o "que é correto e justo e não deem um testemunho contrário ao espírito do Evangelho". O arcebispo recorda ainda as figuras de dom Hélder Câmara, conhecido como o Dom da Paz, "que liderou no Brasil a Ação Justiça e Paz", e de dom Oscar Romero, agora canonizado, que morreu em prol do fim da violência em El Salvador.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search