segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Morre ex-major Ferreira da PM conhecido pelo 'Escândalo da Mandioca'


            O ex-major da Polícia Militar de Pernambuco José Ferreira dos Anjos morreu, nesta segunda-feira (19), na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Caxangá, no Recife. Ele tinha 75 anos e sofreu uma parada cardíaca durante o atendimento. Os médicos tentaram reanimá-lo, sem sucesso.

Major Ferreira, como ficou conhecido, foi apontado como um dos envolvidos no Escândalo da Mandioca, um desvio de recursos para agricultura oferecidos pelo governo federal no Sertão de Pernambuco, na década de 1980.

O ex-oficial foi preso por participar da morte do procurador Pedro Jorge Melo e Silva, que investigava o caso. O crime ocorreu em 1982, em, Olinda, e virou documentário produzido pelo Ministério Público Federal (MPF). Ferreira ficou mais de 12 anos foragido e foi recapturado em 1995.

Major Ferreira estava em liberdade desde 2003. Ele foi condenado a 32 anos e seis meses de reclusão por assassinato e falsidade ideologica , e recebeu um indulto presidencial, após cumprir 10 anos, sete meses e 13 dias de pena.

Ferreira passou mal nesta segunda-feira e foi levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Caxangá, na Zona Oeste do Recife.

Segundo a direção da UPA, o paciente deu entrada às 8h19, com queixa de desconforto respiratório, dor torácica e dormência no lado direito, sendo encaminhado para a Sala Vermelha, voltada para doentes em situação grave.

Durante o eletrocardiograma, o ex-major apresentou parada cardíaca. "A equipe médica fez o procedimento de reanimação por 50 minutos e o paciente não resistiu e veio a óbito. O corpo do paciente foi encaminhado para o SVO (Serviço de Verificação de Óbitos /Hospital das Clínicas para determinação a causa da morti", informou, em nota, a UPA.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search