segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Arcoverde: Vereadoras se destacam em enquete sobre atuação na Casa James Pacheco

Zirleide Monteiro foi a mais citada como mais atuante
               Numa enquete promovida pela Rádio Itapuama FM na manhã desta quinta-feira, os ouvintes da emissora puderam opinar pela página oficial da emissora no facebook qual o vereador mais atuante da Casa James Pacheco, a câmara de vereadores de Arcoverde, e qual sua satisfação com o seu último voto para vereador.

A bancada feminina, que representa 50% da casa, saiu bem melhor nas opiniões positivas dos comentários postados na enquete, tendo a vereadora da oposição, Zirleide Monteiro (PTB), se destacado entre as demais. Nos comentários já postados nota-se também uma maioria feminina que se interessa pela política.

Até o final da tarde, mais de 80 internautas opinaram e três nomes se destacaram entre os vereadores considerados mais atuantes: Zirleide Monteiro (PTB), disparada na frente; Célia Galindo (PSB), presidente da Câmara de Vereadores; e Cybele Roa (PR), ex-candidata a deputada estadual. Outro quarto nome ainda citado foi o da vereadora Luiza Margarida (DEM). Apenas um vereador chegou a ser citado uma única vez, o vereador do Podemos, Heriberto do Sacolão. 

Nos extremos, a vereadora Zirleide Monteiro é citado pela forma combativa como faz oposição ao governo Madalena Britto (PSB), já a vereadora e presidente da casa, Célia Galindo (PSB), é destaca por internautas por sua história e pelo trabalho de reformulação da câmara municipal. 

Nos comentários as mais variadas opiniões, como a de Macilene Maria para quem seria “desnecessário Arcoverde com 10 vereadores”, afirmando que só aparecerem de 4 em 4 anos. Finaliza dizendo que “Arcoverde esta as moscas, nem deputado tem mais temos” e sugere mudanças no quadro de vereadores.

Já Aparecida Andrade, que se apresenta como representante de bairro (São Cristóvão), diz que o trabalho dos vereadores “sejam feitos como era antes”, cobrando da prefeitura as ações e as melhorias para a população. Ela afirma que “falta iluminação pública, as ruas estão escuras, sem saneamento básico (esgoto)” e isso era para estar sendo acompanhado e cobrado pelos vereadores.

Outra internauta que também opinião lançou a responsabilidade também para os próprios eleitores. Segundo Cristianne Espíndola “Devemos como cidadãos assistir as reuniões da câmara e depois ter uma noção de qual vereador faz seu papel que é fiscalizar. Se os projetos de lei apresentados são bons e se são de interesse da população”.

PUBLICIDADE

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search