segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Zeca e Júlio homologados em convenção para novos mandatos


               Diante de uma multidão de mais de 15 mil pessoas lotando o Classic Hall, na manhã de sábado (04), os deputados Júlio Cavalcanti (Estadual) e Zeca Cavalcanti (Federal) tiveram seus nomes homologados como candidatos à reeleição na convenção que também homologou os nomes do senador Armando Monteiro (PTB) como candidato ao Governo de Pernambuco, Fred Ferreira (vice), e os deputados Mendonça Filho (DEM) e Bruno Araújo (PSDB) como candidatos ao senado.

Para Zeca Cavalcanti (PTB) "hoje foi dado o primeiro passo para que possamos tirar Pernambuco do quadro em que se encontra com a insegurança em todos os recantos, a saúde terceirizada e o povo a espera de oportunidades e empregos. Com Armando governador, Bruno e Mendonça senadores, vamos trazer de volta a esperança e recolocar Pernambuco na liderança do Nordeste e das grandes transformações em nosso País".

Caravanas de todo o estado marcaram presença, da Mata Norte a Sul, do Sertão e Agreste como a comitiva de Itaíba comandada pela prefeita Regina Cunha (PTB) e o vice Valdo do Pipa. Presentes ao evento também o ex-candidato a prefeito de Petrolândia, Fabiano Marques, os vereadores José Luiz (Zé Pezão) e Jorge Viana; o vereador André Empreiteiro, de Aliança; o ex-candidato a prefeito de Bonito, Walter Maroja e o vereador Ricardo Heraclio; o ex-prefeito Jairo Pereira, de São Lourenço da Mata, entre outros.

Segundo Júlio Cavalcanti, "Pernambuco não suporta mais viver sob o signo da insegurança e da incompetência. Vamos unir forças com o povo pernambucano e construir um governo novo, ágil, voltado para a solução dos grandes problemas do nosso estado, gerando empregos e criando oportunidades". Com dois mandatos, Júlio caminha agora para sua terceira eleição.

Em seu discurso, Armando Monteiro disse que Pernambuco precisa voltar a ter autoridade e reforçou a luta contra violência: "Já vou avisando que bandido não vai ter espaço em nosso estado. Precisamos garantir a segurança do nosso povo", disse. 

A aliança, liderada pelo petebista, reúne as legendas do PTB, PSDB, DEM, PSC, PPS, PRB, Podemos, PV, PSL, PRTB, PHS, PSDC e PMB.  “O que é ser novo? Não é apenas ser jovem. Ser novo é ser diferente, é ser capaz de entender as mudanças e transformações. É ser honesto, é entender que se governa para a maioria de forma transparente”, salientou Armando Monteiro.
Armando desferiu críticas ao governador Paulo Câmara.  “Sabemos que a eleição de 2014 não foi uma eleição em que apenas se elegeu um governador. Foi uma homenagem ao ex-governador Eduardo Campos”, disse o candidato a governador, emendando: “Mas essa justa homenagem foi seguida de uma grande decepção. Esse governo tem a marca da omissão: falhou na saúde, na educação e na segurança.”

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search