quinta-feira, 12 de julho de 2018

PT de Arcoverde faz ofensiva contra prisão do ex-presidente Lula


        Assim como em todo o País os membros do Partido dos Trabalhadores estão se mobilizando em torno da defesa da liberdade do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, preso na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, o PT de Arcoverde não ficou de fora.

Segundo a presidente da legenda no município, Maria José, o partido deu início na cidade a campanha do abaixo assinado “Lula Livre”. Quem quiser assinar o manifesto em defesa do ex-presidente deve procurar a sede dos Sindicatos, em frente a Arcotrans (Autarquia de Trânsito e Transportes de Arcoverde).

O abaixo-assinado está sob a coordenação de Draiton Moraes, membro do Diretório Municipal do PT em Arcoverde. A ação faz parte de uma série de eventos que a legenda pretende realizar na cidade e foi definido durante reunião de planejamento da Frente Brasil Popular, realizada no último sábado.

STF - À nível nacional, o comando do PT alimenta a esperança de que o ministro do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, analise o caso do ex-presidente Lula ainda durante o recesso do STF, já que a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, pode assumir a Presidência da República em três momentos neste mês, quando o presidente Michel Temer fará viagens internacionais - a Cabo Verde (dias 17 e 18), México (23 e 24) e à África do Sul (25 a 27).

Advogados ligados ao PT afirmaram à reportagem que vão pedir uma audiência com Toffoli assim que ele assumir a Corte, mesmo que interinamente no recesso. O objetivo é pressionar para que ele paute as Ações Declaratórias de Constitucionalidade (ADCs) que questionam a prisão após segunda instância. Cármen Lúcia tem se negado a incluir a discussão na pauta. Para o PT, há votos suficientes no colegiado para aceitar as ações.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search