quarta-feira, 18 de julho de 2018

Odacyr Amorim retira nome e apoia Marília Arraes (PT) como candidata ao governo do Estado


             O deputado estadual Odacyr Amorim (PT) divulgou nota para imprensa aonde abdica de sua pré-candidatura ao Governo de Pernambuco pelo Partido dos Trabalhadores em favor da vereadora e também pré-candidata da legenda, Marília Arraes.

Na nota, ele fala do “protagonismo” do PT nestas eleições e do papel do ex-presidente Lula como “candidato preferido da maioria do povo brasileiro”. Diz que sempre defendeu a candidatura própria do PT em Pernambuco e por isso se colocou à disposição do partido para a disputa, ressaltando ainda a defesa da inocência de Lula.

Em nome da unidade da legenda, ele anuncia na nota que está retirando sua pré-candidato e anuncia a intenção de se dedicar a disputa de um mandato de deputado federal e à defesa do PT e de Lula na campanha deste ano. 

Com a saída de Odacyr, quem sai ganhando é a vereadora Marília Arraes que já tem o apoio das bases do PT para ser a candidata, mas enfrenta resistência por parte da cúpula do partido, que tem à frente o senador Humberto Costa que torce e age para fazer uma aliança com o PSB do governador Paulo Câmara, apoiando sua reeleição. Veja a nota do deputado Odacyr Amorim na íntegra abaixo:

NOTA

Como é do conhecimento de todos no PT e na sociedade, acredito bastante no protagonismo e na missão do nosso partido nessas eleições e, sobretudo, no papel do presidente Lula, como candidato preferido da maioria do povo brasileiro, cuja liderança e força tem conseguido derrotar a manipulação e a perseguição política sem precedentes que está sofrendo.

Com essas posições, tenho feito a defesa da candidatura própria do PT ao Governo do Estado e por isso me coloquei à disposição do partido para essa disputa. Além disso, sou defensor da inocência de Lula, do seu direito à liberdade e da sua candidatura vitoriosa à presidente da república. Considero que essa é uma prioridade do povo brasileiro e pernambucano, do PT e do país e, nessa condição, deve orientar o nosso posicionamento partidário em todo o Brasil e, naturalmente, em Pernambuco.

Entendo, ainda, que esse é um momento que demanda unidade do PT de Pernambuco em qualquer das alternativas de táticas eleitorais que ao final for adotada, seja a candidatura própria que sempre defendi, ou seja a aliança que vem sendo tentada pela direção nacional do PT.

Para contribuir com essa unidade, estou retirando a minha pré-candidatura ao Governo do Estado. Em seguida a esse gesto, anuncio que vou, de um lado, me dedicar a disputa de um mandato de Deputado Federal e à defesa do PT e de Lula nessa campanha. De outro lado, vou contribuir com o diálogo interno para construir consensos e pactos no PT-PE, lutando para que eles contemplem – também e com prioridade – à região e o povo sertanejo que tenho o orgulho de representar na minha atuação política e que são a razão da minha militância.

Faço um gesto concreto acreditando que ele possa estimular a todos os petistas a adotar idêntico posicionamento e, com isso, construir uma unidade sólida e vencer os desafios e disputas que temos pela frente até outubro, bem como para assegurar a vitória que, tenho certeza, teremos na eleição nacional e estadual.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search