quarta-feira, 18 de julho de 2018

Haddad venceria 1º e 2º turno em Pernambuco com apoio de Lula


              Na intenção de voto espontânea para presidente, o eleitorado pernambucano segue firme no seu desejo de votar em Lula, segundo pesquisa da Datamétrica realizada nos dias 11 e 12 de julho. Quase metade da população, 46%, disse que votaria no ex-presidente. Em junho, no levantamento anterior, a intenção de voto espontânea nele era de 41%. Na sequência, com larga distância, aparece Bolsonaro com 7% (era 9% em junho), Ciro Gomes com 2%, Marina Silva com 1% e o restante com menos de 1%. Cresceu o número de indecisos: 21% para 26%. E caiu branco/nulo: 23% para 16%.

Na intenção de voto estimulada de primeiro turno, foram feitos três cenários. Um considerando Lula postulante, outro substituindo ele por Fernando Haddad e um terceiro considerando o ex-prefeito de São Paulo e informando que ele tem o apoio de Lula.

Confirmando os resultados da intenção espontânea, no primeiro cenário Lula lidera com 65%, um crescimento de seis pontos comparado aos resultados de junho (59%). Bolsonaro aparece como segundo colocado, com 9% (tinha 11%); Ciro, 4% (tinha 3%); Marina repete o desempenho anterior com 3%; e os pré-candidatos restantes têm, cada um, 1% ou menos. Indecisos representam 4% e branco/nulo 11%.

No segundo cenário, com Haddad sem informar o apoio de Lula, todos os demais candidatos crescem, alguns significativamente. Marina lidera com 14%; Bolsonaro vem com 12%; Ciro, 7%, Fernando Collor de Mello, Fernando Haddad, Geraldo Alckmin e Álvaro Dias cada um com 2%, os demais com 1% ou menos. Branco/nulo é o “candidato” mais forte, com 44%, enquanto 12% se disseram indecisos.

A terceira simulação, informando que Haddad tem o apoio de Lula, o petista cresce de 2% (cenário anterior) para 16%, ficando na primeira colocação. Marina aparece com 12%; Bolsonaro, 11%; Ciro, 6%; Alckmin e Collor com 2% cada e o restante com 1% ou menos. Branco/nulo seria 37% e 9% se disseram indecisos.

Num eventual segundo turno, sendo Lula o candidato do PT e Bolsonaro (PSC) o segundo colocado, o ex-presidente teria 74% das intenções de voto contra 11% de Bolsonaro. Brancos, nulos e nenhum somam 14%. Não sabe e indecisos apenas 1%. Já contra Geraldo Alckmim (PSDB), Lula vence com 73% a 7%, tendo 17% de bancos, nulos e nenhum; indecisos somam 2%.

Já quando o candidato do PT no segundo turno é o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, destacando o apoio de Lula, o petista venceria Jair Bolsonaro (PSC) com 45% das intenções de voto contra 14% do social cristão. Já contra Geraldo Alckmin os números são de 46% para o ex-prefeito de São Paulo contra 9% do tucano.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search