quarta-feira, 4 de julho de 2018

Fenearte reúne mais de 5 mil expositores e artistas em Olinda

           A Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte) tem início nesta quarta-feira (4) e vai durar 12 dias, um a mais do que no ano passado. Com homenagem ao Mestre Salu, a feira conta com diversas peças do seu legado e mais de 5 mil participantes. A solenidade de abertura acontece às 14h, no pavilhão do Centro de Convenções, em Olinda. 

O evento vai até o dia 15 de julho, de segunda a sexta-feira, das 14h às 22h, e aos sábados e domingos, das 10h às 22h. Os ingressos custam entre R$ 5 e R$ 12. A expectativa dos organizadores é de receber cerca de 300 mil pessoas e gerar mais de R$ 43 milhões de negócios.

O destaque da Fenearte são os mais de 800 estandes com produções artesanais local, de todos os estados do Brasil e de outros 22 países. Cerca de 80% dos artesãos são de Pernambuco. Os produtos variam desde peças de roupa e de barro, até alimentos tradicionais de cada localidade.

Alguns dos países aparecem de forma inédita na feira, como Itália, Egito e Polinésia Francesa. As tribos indígenas Funiô, Xukuru, Kambiwá, Pankararu, Atikum, Kapinawá, Pataxó e eKatiti-xocó também marcam presença no evento.
A Fenearte também oferece salões de arte, oficinas inéditas, palestras, desfiles de moda, shows, mostra de decoração, apresentações culturais, todadas de negócios internacionais, teatro infantil, ações de cidadania, pontos de reciclagem, praça de alimentação, seis praças de descanso, polos de gastronomia e alimentação artesanal.

Entre as novidades da Fenearte para 2018 estão a criação de um polo gastronômico para a apreciação de cervejas artesanais, o Boteco Apecerva. O espaço reúne mais de 15 marcas de cervejas pernambucanas e conta também com a participação do Bar do Seu Luna, apresentando petiscos tradicionais.

Nesta 19ª edição da feira, a programação inclui também oficinas inéditas baseadas nas artes do Mestre Salu. Os participantes do evento podem aprender técnicas artesanais para produzir e tocar uma rabeca, para dar os primeiros passos na dança popular e para executar bordados de gola de maracatu.

As 112 oficinas são gratuitas e acontecem no mezanino. As inscrições são feitas no local, uma hora antes do início de casa aula.

Os ingressos de segunda a sexta custam R$ 10 (inteira) R$ 5 (meia). Já para os sábados e domingos, os ingressos custam R$ 12 (inteira) R$ 6 (meia). Tem direito à meia-entrada estudantes, crianças de até 12 anos, professores e pessoas com mais de 60 anos.

As entradas são vendidos na bilheteria do evento, no Centro de Artesanato de Pernambuco, no Bairro do Recife, nas lojas Riachuelo dos Shoppings Tacaruna, RioMar e Boa Vista, no piso L2 do Shopping Recife, próximo ao cinema, e no Shopping Guararapes, em frente à loja Centauro. G1

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search