segunda-feira, 11 de junho de 2018

Prefeitura de Arcoverde mata árvore em plena Praça da Bandeira para facilitar vista de Camarote oficial


             Com direito a uso de serra elétrica, machado e arrogância, a prefeitura de Arcoverde, através da Secretaria de Serviços Públicos e, veja bem o segundo nome, Meio Ambiente, promoveu um verdadeiro crime ambiental em pleno coração da cidade, na Praça da Bandeira, ao colocar no chão uma árvore com décadas de vida.

Hoje pela manhã, de forma a facilitar a instalação do camarote da prefeita para o São João que está previsto para começar no próximo dia 22 de junho, a tal Secretaria de Meio Ambiente promoveu a morte de um pé de castanhola que existia há mais de 30 anos ao lado da loja Vidrex. Todos os anos a árvore era apenas podada para permitir a subida das estrutura dos camarotes, mas desta vez a ação foi mais radical e a prefeitura deixou apenas um "toco" da árvore. 

A árvore ficava exatamente ao lado do camarote da prefeita de Arcoverde, Madalena Britto (PSB), e para facilitar a visão dos “convidados”, acabou sendo retirada brutalmente, com direito a serra elétrica. Um vídeo de toda a ação foi postado pelo popular Bruno Lumba e retrata bem como a prefeitura de Arcoverde age para tirar do caminho o que impede o conforto dos protegidos. 

Resposta - De acordo com a diretora de paisagismo, Jaqueline Coelho, as raízes da árvore estavam prejudicando os imóveis, inclusive, oferecendo problemas na tubulação e nas calçadas. Apesar de todos esses problemas, o tronco e as raízes da árvore continuam embaixo da terra. Informações de lojistas dão conta de que o corte teve o consentimento dos proprietários de imóveis próximos a árvore o que não ameniza em nada e nem deixa de ser um crime ambiental. Não consta que haja algum laudo sobre os riscos da referida árvore por parte de órgãos como a Compesa, Celpe e a própria prefeitura. 

Confira o vídeo:

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search