domingo, 3 de junho de 2018

Grupo de Humberto tenta modificar lista de delegados do PT que se reúnem dia 10


            A disputa entre os grupos políticos do Partido dos Trabalhadores que se dividem entre lançar candidatura própria e servir de sombra e apoio ao governador Paulo Câmara (PSB) ganhou novo capítulo com o anúncio da intenção de modificar a lista dos 300 delegados aptos a votar no encontro que definirá o futuro do PT em Pernambuco.

A ala do partido que defende a pré-candidatura da vereadora Marília Arraes (PT) acusa o grupo que defende a aliança com o PSB do atual governador de tentar mudar o resultado da votação antes da reunião da legenda, marca para o próximo sábado, dia 10. Segundo eles, o ajuste já é feito quando delegados se desfiliam do partido, citando o caso do ex-prefeito João Paulo que trocou o PT pelo PCdoB.

Para a Secretária de Comunicação do Partido dos Trabalhadores, Sheila Oliveira, a mudança pretendida é “anti estatutária. Os suplentes só podem assumir com a carta de desistência do titular. Eles querem virar o resultado do encontro antes dele acontecer”. De acordo com Sheila não tem sentido fazer uma alteração da lista há uma semana do encontro e isso está acontecendo no momento em que a vereadora Marília Arraes tem apoio da maioria dos delegados.

O autor da proposição de modificar a lista, o vice-presidente estadual do PT, Oscar Barreto, fiel escudeiro do senador Humberto Costa (PT) que sonha em ser candidato a Senador ao lado do governador Paulo Câmara (PSB), defende a ideia de ajustar a lista de delegados já que muitas coisas aconteceram.

A proposta será discutida nesta segunda-feira (4) em uma nova reunião da Executiva Estadual do PT. Segundo Sheila Oliveira, ela não será aprovada e, caso seja, caberá recurso ao Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search