segunda-feira, 28 de maio de 2018

Procon-PE realiza fiscalização para evitar preços abusivos de gás de cozinha


             A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco, por meio do Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor (Procon), deu início nesta segunda-feira (28) a uma fiscalização em estabelecimentos que revendem gás de cozinha. O objetivo é evitar preços abusivos, já que foram registradas denúncias de botijões sendo comercializados por R$ 150. 

Em Arcoverde populares denunciam nas redes sociais que várias distribuidoras alegam não ter mais o gás de cozinha, mas outros revelam que estariam sendo estocados e vendidos por até R$ 100.

O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, informou que recebeu denúncias de preços abusivos, mas que, até o momento, não encontrou botijões sendo vendidos em depósitos.

Apesar de monitorar a venda de gás com preço abusivo, a fiscalização do Procon-PE também vai fiscalizar postos de combustível, revenda de água mineral e supermercados. Qualquer denúncia pode ser feita ao Procon-PE pelo número 0800- 282-1513.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search