quinta-feira, 24 de maio de 2018

Júlio ressalta criação da Semana do Combate à Violência nas Escolas e critica retirada de R$ 1 milhão da segurança


        A aprovação, na segunda (21), do Projeto de Lei nº 181/2015, que cria a Semana Estadual do Combate à Violência nas Escolas, mereceu pronunciamento do autor da proposição, deputado Júlio Cavalcanti (PTB). Durante a Reunião Plenária desta quarta-feira (23), o parlamentar comemorou a medida, que, segundo avaliou, pode ajudar a garantir a defesa dos direitos da criança e do adolescente.

“Violência contra a mulher, bullying, homofobia e preconceito racial são problemas que, infelizmente, não são debatidos”, lamentou. “A Semana Estadual poderá trazer outros agentes para discutir ações e minimizar esses problemas”, observou, lembrando que a data servirá para a realização de palestras, encontros e atividades educativas sobre o direito a um ambiente de ensino saudável e livre de abusos.

𝗖𝗿í𝘁𝗶𝗰𝗮𝘀 –Júlio Cavalcanti também aproveitou o tempo na tribuna para apontar o que considera erros do Governo do Estado nas áreas de saúde e segurança pública.

O deputado denunciou que falta sangue na Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope) – situação que tem prejudicado a realização de cirurgias – e criticou um remanejamento de R$ 1 milhão de recursos, originalmente destinados a delegacias, para prefeituras pelo Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM). “Não é mais um Pacto pela Vida, mas um ‘pacto pelo voto’. O dinheiro para as cidades é necessário, mas vai sair porque estamos próximos da campanha eleitoral”, afirmou.

Ele lembrou que há poucos dias o proprietário do imóvel aonde funciona a Delegacia de Polícia de Buíque denunciou o atraso de quatro meses de aluguel e estava na Justiça para fazer o despejo da DP de sua casa. "Enquanto o estado não paga o aluguel, não equipa as delegacias municipais, retira R$ 1 milhão que deveria fortalecer a segurança de nossa população, agilizando a elucidação dos crimes, para investir nos prefeitos aliados em busca unicamente de votos", finalizou Júlio Cavalcanti.

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search