quinta-feira, 10 de maio de 2018

Arcoverde e a melancolia de uma assistência social que já foi referência


A semana da gestão da atual prefeita de Arcoverde, Madalena Britto (PSB) chegou ao meio com a melancólica exoneração da secretária de Assistência Social, Regina Manzi, a quarta a ocupar a pasta e que acabou saindo dois dias após a vereadora Zirleide Monteiro (PSB), integrante da oposição na Casa James Pacheco ao lado do vereador Heriberto do Sacolão, denunciar a fome e a falta de assistência social nas periferias da cidade, bem como a falta de uma política social que garanta apoio as famílias que mais sofrem com a perda do Bolsa Família e o abandono da gestão municipal. Em meio a tudo isso ainda teve a inabilidade e o planejamento do governo na gestão do Residencial Maria de Fátima que acabaram colocando na conta da ex-secretária.

Voltando na história de Arcoverde, a pasta da ação social foi sempre ocupada e deu bons resultados com uma ou duas pessoas ao longo dos tempos. Foi assim com D. Ivani Bradley no Governo Áureo Bradley; com Rosa Barros no governo Rui de Barros; com Djanira Brito e Eunice Cabral no governo Julião Guerra; Miriam Barrilas no governo Erivânia; com a atual prefeita no governo Rosa Barros, aonde fez seu nome; e com Nerianny Cavalcanti no governo Zeca Cavalcanti que deixou um leque de programas extintos nos últimos cinco anos que deixaram sem proteção social mais de mil crianças e adolescentes. 

Ou seja, esta semana o governo Madalena deu seu atestado de incapacidade e melancolia exatamente na pasta aonde a atual gestora se destacou entre os anos 1997 e 2004. São quatro secretárias em 5 anos de governo. Tem secretária, mas não tem governo. Agora nem secretária. A prefeita ainda conseguiu pôr fim a eventos marcantes, como o Natal sem Fome que distribuía mais de mil cestas básicas, os recursos do Baile Municipal ninguém sabe, ninguém viu; abandonou literalmente a periferia e fechou as portas da pasta simplesmente para administrar os recursos, muitos, que vem do Governo Federal, mas que, efetivamente, pouco beneficia a população. Como sintetizou a vereadora Zirleide, faltou assistência na assistência, uma verdadeira política de inclusão social. Fracasso e melancolia.  
**********
Contrariando ainda a nota da prefeita de Arcoverde que disse desconhecer o processo do Ministério Público de Pernambuco que abriu ação por improbidade administrativa, saiu hoje no Diário de Pernambuco, online e impresso, a matéria intitulada “MPPE mira prefeita de Arcoverde”. Caso a assessoria não tenha visto, é só olha acima e copiar. Aliás, sabe-se agora que não foi a assessoria de comunicação que fez a nota, até porque ela ao que parece não existe mais, foi a jurídica. Daqui a pouco a da Cultura vai dar pareceres.
**********
OLHA A FESTA!
Apesar da recomendação 001/2018 do Ministério Público de Pernambuco para que o município não realize festa ou gastos com atrações e estrutura para shows, o prefeito da Pedra, Osório Filho (PSB) anunciou três atrações artísticas para comemorar os 137 anos de emancipação. Em palco montado na praça principal da cidade, se apresentam, a partir das 21h, Jonah Santos, Maria Clara e a dupla de Arcoverde, Ycaro e Vitório.  
*********
OLHA A COBRANÇA
O inferno astral do prefeito da Pedra, Osório Filho (PSB), não dá folga. Ao postar a visita que fez ao torneio leiteiro do Sítio Caraíbas ao lado do deputado estadual Waldermar Borges (PSB) e do projeto de deputado federal João Campos (PSB), acabou questionado por um morador. “Cadê a água nas torneiras prefeito? A policlínica serve de motel, a academia da cidade está abandonada, as ruas sujas e as escuras, falta remédios nos postos de saúde, as estradas em péssimas condições, os alunos ficam mais em casa do que nas escolas, sem contar com os salários dos contratados, efetivados e aposentados atrasados. Votamos no senhor para isso”? Fala prefeito!
*********
VIVA A DIFERENÇA! 
A Câmara de Vereadores de Arcoverde aprovou dois projetos para beneficiar pessoas com Autismo, que é um Transtorno Global do Desenvolvimento caracterizado por alterações significativas na comunicação, na interação social e no comportamento.  Os projetos 2.536/2018 e 2.537/2018 apresentados pela vereadora Zirleide Monteiro (PTB) e Wervertton Siqueira (PSB), prioriza o atendimento das pessoas com autismo e obriga a sinalização dos locais públicos e privados e o outro dá direito a identificação aos autistas para aproveitar os benefícios das leis.
*********
MÃOS AO ALTO!
A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) anunciou o aumento na tarifa do Metrô do Recife a partir desta sexta-feira (11). De acordo com a companhia, a tarifa do Metrô do Recife vai ficar 87,5% mais cara. O valor da passagem aumentará de R$ 1,60 para R$ 3,00. Um presente de grego para os pernambucanos. O sistema metroviário no Grande Recife, que tem duas linhas principais e 37 estações, transporta cerca de 400 mil pessoas por dia.
**********
PROTESTO LEGAL! 

A sessão ordinária da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) foi marcada, na tarde desta quarta-feira (9), por um protesto de servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE). Contestaram a terceirização de serviços. Em 26 de abril, o Detran anunciou que o serviço, até então feito exclusivamente pelo departamento, também estava disponível em empresas credenciadas. A mudança provocou aumento de 200% nas taxas. O deputado Júlio Cavalcanti protestou e o governo voltou atrás nos valores.
**********
BATENDO DE FRENTE
No dia em que o senador Humberto Costa (PT) defendeu aliança com PSB na tribuna do Senado, o deputado federal Silvio Costa (Avante) levou a vereadora Marília Arraes (PT) para o plenário da Câmara Federal para sair em defesa da sua candidatura. O parlamentar chamou a aliança de "desleal" por tentar tirar seu projeto majoritário do páreo em Pernambuco. “O PT de Pernambuco, de forma desleal, quer agredir a democracia e retirar a candidatura da vereadora Marília Arraes", criticou Silvio, ao lado de Marília.
*********
DINHEIRO MARCADO
Com base em parecer elaborado pelo Departamento de Controle Municipal, o TCE de Pernambuco respondeu que os recursos federais decorrentes da complementação da União ao FUNDEB, ainda que oriundos de sentença judicial, devem ser utilizados, “de forma exclusiva na manutenção e no desenvolvimento do ensino”. A previsão é de que Arcoverde deve estar recebendo a sua primeira parcela neste dia 11 de maio.
*********
TUDO ABANDONADO
A deputada Socorro Pimentel (PTB) voltou a criticar o Governo do Estado pelas más condições de terminais rodoviários de alguns municípios pernambucanos. A parlamentar rebateu nota divulgada pelo Governo do Estado na imprensa para justificar a não intervenção nas rodoviárias de Gravatá, Salgueiro, Limoeiro, Araripina, Palmares e Petrolândia. Os espaços foram devolvidos ao Estado pela empresa Socicam, que havia sido contratada para gerir os espaços. Para ela, nada justifica o abandono dos terminais.
**********
O deputado estadual Júlio Cavalcanti (PTB) destacou em sua rede social nesta quarta-feira a informação postada aqui sobre a liberação dos recursos para a compra de três (03) novas ambulâncias para a prefeitura de Arcoverde. São R$ 210 mil referente a emenda 167/2018 que já estão à disposição na Secretaria de Saúde de Pernambuco. O parlamentar espera que a prefeitura seja mais ágil do que da compra do ônibus do TFD que até hoje está escondido e que não perca a emenda como perdeu cerca de meio milhão de reais para a conclusão da estrada do CEDEC.
**********
ELEIÇÃO ATRASADA
Com atraso de 60 dias, o Conselho Municipal de Assistência Social de Arcoverde vai realizar no final deste mês a eleição para a escolha dos novos integrantes da sociedade civil organizada. São seis titulares e seis suplentes que serão escolhidos pelos integrantes de 28 entidades credenciadas junto ao Conselho. O governo queria prorrogar o mandato aos atuais conselheiros, contrariando a lei, mesmo já a tendo contrariado por descumprir todos os prazos para fazer a eleição dos novos membro.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search